Compra de bilhetes
VideoPass purchase

“Um sonho tornado realidade” para o Campeão do Mundo Lorenzo

“Um sonho tornado realidade” para o Campeão do Mundo Lorenzo

Depois de assegurar o seu primeiro título da Classe Rainha na Malásia, no domingo, o piloto falou de forma emocionada sobre a realização do sonho da sua vida.

O terceiro lugar no Shell Advance Malaysian Motorcycle Grand Prix, no domingo, entregou a Jorge Lorenzo o título de MotoGP de 2010. Após a corrida, o piloto da Fiat Yamaha de 23 anos falou sobre a concretização do sonho de uma vida.

"Este é o meu primeiro título na Classe Rainha e o meu sonho tornou-se realidade! Isto é mesmo o máximo que um piloto de motociclismo pode aspirar na sua carreira, por isso temos de comemorar e desfrutar estas horas, minutos e segundos como se o mundo fosse acabar. Imaginamos este momento durante toda a vida, mas quando se concretiza não sabemos o que fazer ou dizer. Estou a tentar estar calmo, falar de forma clara e não dizer nenhum disparate! Estou tão cansado agora, só preciso de estar sozinho numa sala por alguns minutos, só a pensar no que fiz!”, disse Lorenzo .

“Quero agradecer a tantas pessoas, é difícil encontrar as palavras, mas tenho de referir a Yamaha, toda a minha equipa, a Bridgestone e todos os que estiveram envolvidos. E, claro, muito obrigado a todos os meus fans, que estiveram comigo em cada passo que dei até chegar aqui”.

“A situação perfeita hoje tinha sido uma vitória, mas desta vez não tinha que ser. Fiz uma boa partida e estava a correr bem e pensei que conseguia afastar-me do Andrea a qualquer momento, mas depois ele ultrapassou-me e depois também o Valentino. Pensei então que era muito arriscado lutar pela vitória hoje, que era melhor esperar até ao final da corrida”.

“O motociclismo é a minha paixão e o meu trabalho, mas é também um jogo e é isso que quero dizer quando faço o gesto de ‘game over'. Hoje está terminado por esta temporada, porque sou o Campeão do Mundo!”

“Não penso no futuro agora, quero apenas celebrar o meu primeiro título de MotoGP e não consigo pensar além desta noite. O futuro será duro e excitante, com gigantes como rivais, mas não precisamos de pensar nisso agora, queremos apenas gozar o momento”.

“Vimos de tão longe, algumas coisas aconteceram tão lentamente na nossa carreira e outras tão depressa. Quando comecei no Campeonato do Mundo era quase o último na categoria de 125cc, mas em apenas oito anos consegui ser o Campeão do Mundo de MotoGP. É incrível como a vida pode mudar. Lutámos muito por isto. Tenho sido um privilegiado porque tenho tido sorte, boas motos e boas equipas. Tenho estado rodeado de pessoas que querem o melhor para mim e estou muito grato por isso”.

Fazendo uma retrospectiva sobre a temporada, onde terminou no pódio em 15 corridas – incluindo sete vitórias – Lorenzo acrescentou: “A pré-época não começou bem com o meu dedo partido, mas no final acabou por ser um ano fantástico. Se tivesse de escolher três corridas, diria que em primeiro lugar ficou Jerez, porque foi onde venci pela primeira vez no MotoGP e é talvez o melhor sítio para ganhar corridas. Além disso, gostei do meu salto para o lago! Silverstone foi talvez a melhor corrida que fiz, porque fui agressivo e rápido. Depois, finalmente, a corrida aqui, não pela corrida em si, mas pela importância que teve e pelo Campeonato do Mundo. Quero vencer ainda mais algumas corridas esta época e vou tentar isso ao máximo.

“Ainda não sei se vou usar o número um na próxima temporada. Se conseguir pensar num bom desenho então sim, caso contrário, continuo com o 99!”

“Campeão do Mundo – parece inacreditável ouvir essas palavras, é um prazer tão grande, sentimo-nos como o dono do mundo. Vou aproveitar esta noite ao máximo".

Para ler mais sobre o percurso de Lorenzo até à glória no MotoGP carregue aqui .

Tags:
MotoGP, 2010, SHELL ADVANCE MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›