Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Primeira vitória em Moto2 de De Angelis chegou em Phillip Island

Primeira vitória em Moto2 de De Angelis chegou em Phillip Island

O piloto da JiR Moto2 venceu a partir da pole no Iveco Australian Grand Prix de domingo, com Scott Redding e Andrea Iannone a ocupar os restantes lugares do pódio.

Alex de Angelis venceu pela primeira vez na categoria de Moto2 no Iveco Australian Grand Prix de domingo, levando a moto da JiR Moto2 a cruzar a linha da meta à frente de Scott Redding (Marc VDS Racing Team) e Andrea Iannone (Fimmco Speed Up).

O piloto de São Marino partiu da pole position, conseguindo depois recuperar de uma má partida que o atirou para a quarta posição. Aos poucos, entrou na luta pela liderança da corrida. Com um final de corrida forte, De Angelis venceu com uma vantagem de 2,172s, chegando pela primeira vez ao pódio desde a corrida do ano passado na Malásia e assinado o primeiro triunfo de 2010. Essa é também a sua primeira vitória em Grandes Prémios desde o triunfo em Valência na categoria de 250cc, em 2006.

Redding terminou um impressionante fim-de-semana subindo ao pódio pela segunda vez este ano, desta vez depois de assegurar a segunda posição. O britânico de 17 anos mostrou grande determinação e maturidade, disputando o primeiro lugar durante grande parte da corrida e acabando por terminar no segundo posto, depois de ter partido também da segunda posição da grelha.

O terceiro posto ficou reservado para Iannone, que terminou apenas oito décimos atrás de Redding, apesar dos problemas que começou a sentir nos pneus já no final da corrida. O italiano também fez parte do grupo que liderou a maior parte da corrida e que esteve envolvido numa emocionante batalha pela liderança. Este foi o seu sétimo pódio da época e está agora a apenas dois pontos de Julián Simón na luta pela segunda posição da classificação geral.

O piloto da Mapfre Aspar terminou a corrida em quarto, à frente de Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) e do companheiro de equipa Mike di Meglio: O alemão igualou o seu melhor resultado desta época, enquanto o francês obteve a sua melhor classificação de sempre na categoria.

O Campeão do Mundo de 2010, Toni Elías (Gresini Racing), esteve envolvido numa emocionante luta pelo sétimo posto, acabando por terminar à frente de Simone Corsi (JiR Moto2), Alex Debón (Aeroport de Castelló-Ajo) e Karel Abraham (Cardion AB Motoracing), os pilotos que completaram o Top 10. Thomas Lüthi (Interwetten Moriwaki Racing) ficou na 11ª posição.

Um toque na primeira volta da corrida envolvendo Héctor Faubel (Marc VDS Racing Team) e Wayne Maxwell (Matteoni Racing) acabou com a corrida dos dois pilotos, com o primeiro a não conseguir regressar à pista e depois a receber a bandeira preta. Os pilotos caseiros Anthony West (MZ Racing) e o wild card Alex Cudlin (Qatar Moto2 Team) terminaram a corrida nas 21ª e 30ª posição, respectivamente.

Tags:
Moto2, 2010, IVECO AUSTRALIAN GRAND PRIX, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›