Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Spies ainda não terminou bem sucedida época de estreia

Spies ainda não terminou bem sucedida época de estreia

O piloto da Monster Yamaha Tech 3 sagrou-se Estreante do Ano de 2010 após o quinto lugar conquistado no Iveco Australian Grand Prix, mas não vai descansar numa altura em que ainda faltam disputar duas provas.

Ben Spies garantiu mais um impressionante resultado nos cinco primeiros na época de estreia no MotoGP no domingo, em Phillip Island, o que serviu para garantir o título de Estreante do Ano de 2010.

O americano da Monster Yamaha Tech 3 impressionou muito na sua primeira época completa na categoria rainha com dois pódios, uma pole e acabou por ser premiado com um lugar na formação oficial da marca para 2011, mas ainda não dá o seu trabalho por terminado.

“Estou contente por ser o Estreante do Ano. Bati muitos tipos nesta luta e é um feito que me poderei orgulhar no final da época,” disse o texano de 26 anos após o quinto posto no Iveco Australian Grand Prix.

“Tive alguns bons resultados durante estas três semanas e agora estou desejoso pelas duas últimas jornadas. Queria mais um pódio, é essa a minha meta. Vamos rodar ao máximo nestas duas últimas corridas.”

Em Phillip Island Spies partiu da primeira linha da grelha – até ao momento a terceira vez que o fez nesta temporada – e depois de lutar para encontrar ritmo no início da corrida acabou por vencer a luta com o também estreante Marco Simoncelli pelo quinto posto. Contudo, Spies ficou com a impressão que podia ter lutado com o compatriota Nicky Hayden e Valentino Rossi pelo último posto do pódio.

“É um Top 5, pelo que estou contente, mas não consegui começar como queria,” disse Spies na avaliação da corrida. “Nunca saberemos o que podia ter acontecido – tínhamos ritmo para lutar com o Nicky e o Valentino hoje, mas não o consegui fazer. Assim que a corrida começou a ficar definida passei a rodar com o mesmo ritmo deles, mas não me consegui aproximar.”

Ele continuou: “O Marco depois surgiu atrás de mim e tive de acelerar um pouco… esperei e ele cometeu alguns erros e ataquei, garanti que tinha margem suficiente a cinco voltas do final e depois foi só uma questão de chegar ao final.”

Após este resultado Spies continua em sexto no Campeonato e é o melhor piloto satélite.

Tags:
MotoGP, 2010, IVECO AUSTRALIAN GRAND PRIX, Ben Spies, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›