Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Elías com fantástica recepção em casa

Elías com fantástica recepção em casa

O piloto da Gresini Racing foi recebido de forma espectacular na sua cidade de Manresa, perto de Barcelona, Espanha, nesta terça-feira aquando do regresso como primeiro Campeão do Mundo de Moto2.

Toni Elías foi alvo de uma recepção especial em Manresa, Espanha, nesta terça-feira, onde regressou a casa como primeiro Campeão do Mundo de Moto2, título que garantiu na sequência do resultado obtido na Malásia nove dias antes.

A celebração especial organizada para o piloto da Gresini Racing contou com cortejo de motos a segui-lo desde a loja de motos da sua família até à Câmara Municipal de Manresa, onde foi recebido por políticos locais. Foi montado um palco na praça da cidade e projectadas fotos e vídeos da sua infância e carreira num ecrã gigante, e Elías foi também congratulado por todos os que desempenharam algum papel na sua jornada até se tornar Campeão do Mundo.

“É um momento incrível para mim,” disse Elías, que também deu o seu fato e botas aos felizardos vencedores de um sorteio. “Nos últimos nove ou dez dias desde a corrida na Malásia que sou Campeão do Mundo! Cheguei a casa e está toda a gente aqui. Quero agradecer a todos os que organizaram esta festa e a todos em geral.”

Revendo a época da conquista do título e antevendo o que tem pela frente, continuou: “Este título deixa-me mentalmente um pouco mais forte, e espero beneficiar com isso na próxima época. Vou estar no MotoGP, não posso ainda dizer onde, mas será com uma boa moto e uma boa equipa! Sabemos que neste momento é possível ganhar, mas penso, e estou confiante, que pode ser bom para o futuro. Assim que possível anunciaremos os detalhes.”

Também presente esteve o Chefe de Equipa de Elías, Fabrizio Cecchini, que disse: “Este é um grande momento. Nunca imaginei que a festa seria assim tão grande! É uma cidade bonita e as pessoas gostam mesmo muito do Toni. Estou contente por ele ter ganho este título que tanto merece. Tivemos de acreditar, trabalhar arduamente esta época. Para um piloto como o Toni foi difícil passar do MotoGP para a Moto2, mas ele acreditou e trouxe o título de Campeão do Mundo para casa.”

Comentando os seus próprios planos para o próximo ano Cecchini acrescentou: “Não sei se vou estar com o Toni. Mas para ele este Campeonato é uma grande motivação para continuar em frente. Estou certo que vai ter uma mentalidade mais forte que o vai ajudar a melhorar ainda mais.”

Antonio Jiménez, que foi Chefe de Mecânicos de Elías na formação de MotoGP da Gresini em 2009, também deu os parabéns ao piloto.

“Penso que a chave para este sucesso foi a colaboração entre o Team Gresini, o Toni e o Fabrizio Cecchini, que tem muito boa relação com o Toni,” disse. “Já tinham bons resultados em conjunto no MotoGP e este título de Moto2 é resultado de bom trabalho de equipa.”

Sobre os seus planos para 2011 Jiménez acrescentou: “A minha intenção é continuar com o Team Gresini, que é coisa mais importante para mim. Ao cabo de cinco anos com eles não há motivos para mudar.”

O antigo Campeão do Mundo de 500cc Alex Crivillé também prestou tributo a Elías pelos seus feitos, marcando presença na festa. O vencedor da categoria rainha em 1999 disse: “O título é merecido. O Toni teve de dar pequeno passo atrás, descendo do MotoGP para a Moto2, mas agora penso que deu dois passos em frente. Isto provavelmente vai voltar a abrir das portas do MotoGP e estou certo que pode rodar com os melhores. Não é fácil conseguir uma moto a 100% se não for oficial; com as satélite falta algo. Mas se não for em 2011, espero que tenha o melhor em 2012 para estar na frente.”

Tags:
Moto2, 2010, Toni Elias, Gresini Racing Moto2

Outras actualizações que o podem interessar ›