Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Crutchlow entusiasmado com primeiro Teste Oficial de MotoGP

Crutchlow entusiasmado com primeiro Teste Oficial de MotoGP

O estreante britânico teve o primeiro contacto com a Monster Yamaha Tech3 M1 no seu primeiro Teste Oficial de MotoGP em Valência e está desejoso por desenvolver mais as suas sensações com a moto antes da época de 2011.

Cal Crutchlow concluiu o seu primeiro Teste Oficial de MotoGP em Valência na quarta-feira tendo completado 133 voltas com a M1 da Monster Yamaha Tech 3 durante os dois dias de trabalho em Valência.

“Foi bom. Melhorámos o nosso tempo por volta de forma progressiva e fiz uma boa marca ao cabo de 35/36 voltas com os mesmo pneus; foi a minha melhor volta,” disse Crutchlow, cujo melhor tempo foi de 1m33,483s na quarta-feira e que o colocou em 13º, a 1,5s do líder Casey Stoner.

O centro das atenções do britânico de 25 anos continua a ser, como é claro, a adaptação à M1 e ele disse: “É uma moto completamente diferente daquilo a que estou habituado e estamos a tentar fazer o maior número de voltas possível. É esse o centro das atenções agora. Quanto mais faço mais confortável me sinto e estou a gostar. Trabalhámos na adaptação da moto ao meu estilo de pilotagem e sensações – de momento não é a minha afinação. Quando formos para Sepang vamos fazer muitos ajustamentos, mas este Teste foi para rodar e garantir o máximo de voltas.”

Questionado sobre o Teste Crutchlow disse: “Esta moto está a fazer o que esperava que fizesse. A aderência lateral não é perfeita e quando perde um pouco as características, perde mesmo! Tem muitos bons aspectos, como a entrada em curva e a velocidade em curva é fantástica. A moto é muito suave em comparação com uma superbike.”

“Falaram-me de coisas como travar durante muito tempo e usar o travão traseiro em recta!” acrescentou. “Nesta moto de GP tenho de perder todos os maus hábitos que tenho de rodar com motos de produção durante todos estes anos. Vai ser uma longa curva de aprendizagem, mas estou desejoso por isso!”

O Teste possibilitou ainda ao Campeão de Supersport de 2009 a primeira oportunidade de trabalhar com a nova equipa, liderada por Daniele Romagnoli, e ele afirmou: “A equipa foi fantástica e tem trabalhado arduamente para mim. Ouvem os meus comentários e concordam com a maioria deles, e se conseguirmos continuar esta relação penso que será benéfico para nós.”

Tags:
MotoGP, 2010, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›