Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Poncharal: “2010 foi a melhor combinação de MotoGP da Tech 3”

Poncharal: “2010 foi a melhor combinação de MotoGP da Tech 3”

O patrão da Monster Yamaha Tech 3 revê a época e a parceria entre Ben Spies e Colin Edwards nesta entrevista especial, a mesma onde também expressa a sua excitação com a chegada de Cal Crutchlow em 2011.

Hervé Poncharal olhou para a bem sucedida campanha de 2010 da Monster Yamaha Tech 3 com grande prazer nesta entrevista de vídeo, sublinhando a boa transição de Ben Spies para o MotoGP e a fantástica parceria de trabalho entre o Estreante do Ano e o seu companheiro de equipa texano Colin Edwards.

“Sabíamos que íamos ter um piloto muito forte e talentoso no Ben, tínhamos grandes expectativas e também sabíamos que o ano seria duro. Tivemos alguns pilotos vindos das superbikes que tiveram dificuldades com a transição, mas o Ben esteve incrivelmente bem,” disse Poncharal. “Ele foi o Estreante do Ano e fez mais que o esperado; uma pole em Indy, liderou a corrida durante sete voltas e terminou no pódio, partiu da primeira linha em Brno e Phillip Island e também terminou no pódio em Silverstone. Não nos podemos esquecer que ele também teve de conhecer os pneus, a moto, algumas pistas pelo que, considerando tudo isto, ele esteve muito bem. Agora ele vai para a equipa de fábrica, como merece. Perdemos um piloto muito bom, mas penso que o ajudámos a compreender o MotoGP e agora ele está pronto para vencer.”

Poncharal continuou: “O Colin também teve um ano muito forte. Ajudou o Ben na abordagem ao MotoGP e deu-lhe bom apoio, conselhos e informação. Foi um sólido parceiro de equipa e estou muito contente por o ter para a próxima época.”

“É claro que esta foi a melhor combinação de MotoGP da Tech 3 porque se deram muito bem e têm muito respeito um pelo outro e riram-se muito em conjunto.”

Olhando para as momentos altos da campanha, Poncharal disse: “Penso que o melhor momento, porque surgiu cedo, foi o pódio em Silverstone. O Ben esteve incrível em condições difíceis, caiu no sábado (agravando a lesão no tornozelo) e na corrida esteve muito bem. Não foi uma corrida fácil. É claro que estamos desapontados com Laguna Seca (sexto), a sua corrida em casa, mas na segunda corrida nos Estados Unidos, em Indianápolis, aproveitou a sua oportunidade, garantiu a pole, liderou a corrida e terminou em segundo à frente dos dois pilotos de fábrica. Para mim foi o segundo melhor momento.”

Depois de discutir um pouco mais a elevada moral da equipa e a excelente relação dos dois pilotos, Poncharal olhou para 2011 e para a recepção a outro novo piloto, Cal Crutchlow.

“Estou muito contente por termos o Cal na próxima época. Penso que é o melhor nome para substituir o Ben. Ele esteve muito bem nas 600cc (mundial de supersport) e venceu. Ganhou algumas corridas na sua primeira época no Mundial de SBK e terminou em quinto e penso que está pronto para vir para o MotoGP,” afirmou Poncharal. “Ele tem muita paixão e é o tipo de piloto que dá 100% todos os dias. Estou animado e é o início de uma nova história.”

“Acredito que podemos fazer algo forte em conjunto. Espero que possamos dar ao Cal o mesmo apoio que demos ao Ben e que ele consiga o mesmo tipo de resultados. Estou certo que o Colin vai ajudar o Cal como ajudou o Ben. Ele é muito rápido e um bom jogador de equipa e desempenhou grande papel no sucesso do Ben e espero que o faça também em relação ao Cal.”

Tags:
MotoGP, 2010, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›