Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo e Spies iniciam tarefas de 2011

Lorenzo e Spies iniciam tarefas de 2011

Os pilotos da Yamaha Factory Racing não demoraram a entrar no ritmo no primeiro dia do Teste Oficial de Sepang, com ambos a mostrarem-se prontos para dar o máximo ao longo dos próximos dois dias.

Jorge Lorenzo e Ben Spies começaram o trabalho do primeiro Teste Oficial de MotoGP em Sepang nesta terça-feira, uma jornada vista como positiva pela dupla da Yamaha Factory Racing na Malásia.

Os dois pilotos voltaram a habituar-se à M1 após dois meses sem rodarem com a máquina de MotoGP. O ritmo revelou-se desde os primeiros momentos para Lorenzo, que terminou o dia com a segunda melhor marca (2m01,977s), e para Spies, que foi quinto (2m02,332s).

"Hoje tivemos um bom início, testámos algumas coisas e tudo pareceu estar um pouco melhor,” disse Lorenzo, que ficou a pouco mais de quatro décimos do mais rápido, Casey Stoner. “Não são grandes melhorias, mas, como disse em Valência no Teste do ano passado, a moto de 2011 parece fazer menos cavalinhos, pelo que podemos acelerar mais cedo à saída das curvas e também conseguimos melhores velocidades noutras.”

Lorenzo acrescentou: “Hoje foi a minha estreia com a Alpinestars, pelo que tive me habituar a muitas coisas. Puxámos um pouco mais no final da sessão e fomos mais rápidos; amanhã vamos continuar a seguir em frente.”

Spies, que ficou a 0,355s do companheiro de equipa, também se mostrou muito contente com o dia de trabalho e, após as boas sensações conseguidas aos comandos da M1, está agora preparado para dois dias repletos de trabalho.

"Foi um bom dia. As previsões do tempo não eram muito boas, pelo que foi bom ter este tempo todo na moto,” disse o americano, que escapou ileso de pequena queda no início do dia. “O objectivo era não fazermos muitas voltas para evitar o cansaço, é fácil exagerar no primeiro dia. Fizemos o bastante para entrar no ritmo e depois relaxar, isto porque temos muito que ver nos próximos dois dias para a Yamaha e Bridgestone.”

“Foi o meu primeiro dia com a nova equipa e são fantásticos, trabalharam todos muito bem em conjunto,” continuou. “Terminámos mais rápidos que no ano passado na corrida, o que mostra a minha confiança na moto e na equipa. A moto ainda tem mais para dar e eu também, pelo que estou desejoso por amanhã."

Lorenzo e Spies vão passar a quarta-feira a trabalhar em várias áreas do desenvolvimento da M1 de 2011, incluindo testes de pneus para a Bridgestone.

Tags:
MotoGP, 2011, Ben Spies, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›