Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi: “É raro ficar contente com 12º”

Rossi: “É raro ficar contente com 12º”

O italiano trabalhou arduamente no primeiro dia de Sepang avaliando o seu ombro, enquanto o companheiro de equipa na Ducati, Nicky Hayden, se mostrou contente por voltar à pista após a paragem de Inverno.

Com sol e sem chuva, Valentino Rossi e Nicky Hayden iniciaram o primeiro Teste de Inverno com a Desmosecidi GP na Malásia, na terça-feira.

O italiano voltou aos comandos de uma moto após o teste que levou a cabo com uma Superbike 1198 no Circuito de Misano na passada quarta-feira (26 de Janeiro), onde confirmou ainda sentir falta de força e muitas dores no ombro. Contudo, hoje mostrou-se contente por ter levado a cabo 41 voltas, iniciando o trabalho de afinação da GP11 e, apesar da condição física, cai continuar a trabalhar nos próximos dois dias de forma a equipa beneficiar de todas as suas observações.





Nicky Hayden também iniciou o trabalho com várias actualizações técnicas e espera mais progressos com o acerto da sua montada durante os próximos dois dias.

Valentino Rossi:





“É raro ficar contente por terminar em 12º; depois do teste de Misano ficámos muito pessimistas devido à forma como me senti. Mas aqui foi melhor, especialmente durante a manhã, e conseguimos fazer 20 a 25 voltas a uma velocidade decente. Ainda temos muito trabalho para fazer, mas fizemos muito hoje; trabalhámos na posição de pilotagem e começámos a compreender, entre os muitos detalhes que podemos ajustar nesta moto, quais são as melhores soluções. O ADN das Ducati não precisa de ser alterado; temos de tirar vantagem dos aspectos positivos e melhorar outros. Infelizmente, tornou-se mais difícil quando perdi muita força durante a tarde, mas no final consegui fazer mais 15 voltas. Digamos que, de momento, tenho muitas dores e pouca força, quando o perfeito seria o oposto! As partes mais difíceis são as rectas e a forte travagem para as curvas, como a Curva 1 e 4; só aí perco cerca de um segundo, enquanto no resto da volta estou bem quando em comparação com Valência, consigo mesmo rodar melhor. Vai ser importante descansar bem durante a noite para recuperar alguma mobilidade e fazer 30 ou 40 voltas amanhã. Vou fazer uma massagem de relaxamento e colocar gelo.”

Nicky Hayden:





“É claro que ninguém quer começar o primeiro Teste Oficial fora do ritmo, mas é bom estar de volta à pista. Testámos muitas coisas pequenas, mas esta não é a melhor pista para notar tudo isso. Ainda temos muitas peças para avaliar antes de podermos chegar a conclusões. Fizeram muito durante o Inverno, mas o subiram muito a fasquia com as novas ferramentas e equipamento na box. É claro que estão todos a trabalhar arduamente como sempre. Foi bom voltar à pista e estar outra vez com a equipa.”

Comunicado de imprensa Ducati Team

Tags:
MotoGP, 2011, Valentino Rossi, Nicky Hayden, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›