Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Início de 2011 positivo para Edwards e Crutchlow

Início de 2011 positivo para Edwards e Crutchlow

A Monster Yamaha Tech 3 Team concluiu o que foi um positivo início de preparação para o Campeonato do Mundo de MotoGP de 2011 com Colin Edwards e Cal Crutchlow a mostrarem-se satisfeitos com os significativos progressos conseguidos no final dos três dias do Teste de Sepang.

O experiente americano, Edwards, tirou o máximo partido das condições secas ao longo do Teste para avaliar várias melhorias na Yamaha YZR-M1. O piloto de 36 completou um total de 125 voltas trabalhando em grande proximidade com a sua equipa para avaliar o renovado motor, chassis e electrónica com que vai alinhar em 2011.

Edwards terminou o ensaio com 2m01,651s, em nono da tabela de tempos, com o Teste de Sepang a sublinhar o quão competitivo deverá ser o Campeonato do Mundo de 2011 no que toca aos pilotos do Top 10, que ficaram separados por pouco mais de um segundo.

Crutchlow também se mostrou animado pela prestação positiva que apresentou. O britânico assinou como melhor marca o tempo de 2m02,717s para terminar em 17º no que se revelou um produtivo segundo teste com a Yamaha Tech 3.

Crutchlow não demorou a dominar o longo e técnico traçado de Sepang, pista onde nunca antes tinha rodado, e ultrapassou o desconforto no ombro esquerdo resultante da operação de que foi alvo após o Natal, o que lhe permitiu aumentar a confiança e velocidade aos comandos da M1.

Crutchlow fez brilhante recuperação de uma queda a alta velocidade na tarde do segundo dia para retirar quase 1,3s ao seu tempo do primeiro dia, levando a cabo um total de 127 no Teste.

Colin Edwards, 9º:

“Foi bom voltar ao trabalho com a Monster Yamaha Tech 3 Team e estou mesmo contente com o desenvolvimento que a Yamaha fez na moto para 2011. Melhorou em todos os aspectos e foi muito voltar ao ritmo de forma rápida e apresentar tempos consistentes e competitivos ao longo dos três dias. O motor é uma grande melhoria em termos de potência e o chassis ajuda-me a virar muito melhor que antes, pelo que de forma geral estou contente e acredito que vamos ter uma época forte. Olhando para o pelotão é claro que há muito talento, mas sinto-me muito motivado para repetir alguns fortes resultados que consegui em 2009. Não vai ser tarefa fácil, mas estou certo que com a ajuda da Monster Yamaha Tech 3 não é irrealista querer lutar pelos seis primeiros. Estou desejoso por voltar à pista mais para o final do mês para podermos afinar todo o conjunto antes da primeira corrida.”

Cal Crutchlow, 17º:

“Estou contente com o Teste porque ainda estou a aprender muito, mas já consegui rodar com ritmo consistente e reduzir os meus tempos por volta em cada dia. Estou numa grande curva de aprendizagem e não estava à procura de velocidade pura. Nunca tinha rodado neste pista e é claramente um local difícil para aprender depressa. Todos os outros já fizeram milhares de voltas aqui, só tenho de ganhar experiência. Tenho de melhorar em todas as áreas, mas estou satisfeito e a Monster Yamaha Tech 3 também. Os meus tempos estão dentro dos realizados na corrida do ano passado, o que me deixa contente tendo em conta que é tudo muito novo para mim e que não estava no pico da minha forma por causa do ombro. Tenho de melhorar em travagem e também de melhorar o meu ritmo com os Bridgestone duros, mas sinto que estou mais confortável com a moto. Tenho olhado para muitos dados e quando regressarmos no final do mês vou continuar a tentar adaptar o meu estilo. Ainda estou a rodar com a moto como se fosse uma SBK, mas estou contente por estar a progredir e a ser rápido.”

Comunicado de imprensa Monster Yamaha Tech 3

Tags:
MotoGP, 2011

Outras actualizações que o podem interessar ›