Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Capirossi: “O potencial da GP11 é muito elevado”

Capirossi: “O potencial da GP11 é muito elevado”

Após o primeiro Teste de 2011 o piloto da Pramac Racing falou da sua mudança para a Desmosedici nesta época.

Ao cabo de três épocas a correr com a Suzuki GSV-R, Loris Capirossi está de regresso aos comandos da Desmosedici em 2011 – uma moto com que rodou durante cinco temporadas até 2007 – agora com a Pramac Racing.

O italiano, que rodou com a Ducati no ano de estreia da marca no MotoGP em 2003 e depois ajudou ao desenvolvimento da montada na formação de fábrica, está agora a reajustar-se à mais recente versão da Desmosedici e completou o seu segundo Teste com a GP11 na Malásia, na semana passado.

“Gosto mesmo da equipa e estou contente por estar outra vez a trabalhar com uma Ducati,” disse Capirossi, que foi o 13º mais rápido do Teste de Sepang, a 1,3s da frente. “Tive de mudar um pouco o meu estilo de pilotagem porque rodei com a Suzuki durante três anos e é uma moto totalmente diferente. Sempre que se faz uma grande mudança (de moto) não é fácil e é claro que esta moto é muito diferente daquela com que rodei no passado. A moto tem um estilo próprio e temos de compreender isso.”

Com mais um Teste em Sepang (22 a 24 de Fevereiro) e um último ensaio no Qatar (13 a 14 de Março) antes do início da época de 2011, Capirossi acredita que se pode adaptar a tempo da abertura da temporada em Losail.

“O potencial da GP11 é muito elevado, só que de momento não estou a tirar todo o partido desse mesmo potencial,” explicou o homem que soma 99 pódios no Campeonato do Mundo. “Tenho tempo para melhorar e trabalhar o meu estilo e temos dias de Testes suficientes pela frente para prepararmos a primeira corrida. Creio que vamos estar prontos!”

Tags:
MotoGP, 2011, Loris Capirossi, Pramac Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›