Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo: “Acredito que continuamos com uma moto vencedora”

Lorenzo: “Acredito que continuamos com uma moto vencedora”

O Campeão do Mundo de MotoGP participou numa sessão de Perguntas e Respostas durante a apresentação oficial da Yamaha Factory Racing M1 de 2011 na Malásia, nesta segunda-feira.

Jorge Lorenzo esteve presente na apresentação da nova YZT-M1 na Malásia, nesta segunda-feira, e em conversa com o motogp.com nesta entrevista de vídeo explicou que “está motivado para começar o Campeonato o mais depressa possível.”

O Campeão do Mundo disse: “Estou mais relaxado que no ano passado, não por ser Campeão do Mundo, mas porque também estou mais velho e tenho mais experiência. Tento estar mais relaxado todos os anos e com o Campeonato no currículo vemos as coisas de forma um pouco diferente.”

Os preparativos de pré-época de Lorenzo continuam amanhã (terça-feira) com o início do segundo Teste de Sepang e ele acrescentou: “A moto está boa, a filosofia da Yamaha é melhorar de ano para ano, pouco a pouco. As coisas que creio que necessitamos são tracção e potência, pelo que vamos continuar a trabalhar nelas.”

Lorenzo também participou na sessão de Perguntas e Respostas, que pode ler abaixo.

1. Vencer o Campeonato do Mundo de MotoGP em 2010 foi um feito fantástico, como é que sentes depois disso?

“O Campeonato do Mundo de MotoGP é o maior título que um piloto pode conquistar, consegui-lo aos 23 anos deixa-me muito orgulhoso, em termos pessoais e em relação à equipa também. Descansámos um pouco durante a paragem de Inverno, gostava de ter tido mais tempo livre, mas compreendo que quando se conquista o Campeonato do Mundo temos responsabilidades para com a equipa! Gozei umas férias em Bali e descansei, pelo que festejámos e agora é tempo de voltar ao trabalho.”

2. Sentes alguma diferença ao começares a época como Campeão do Mundo?

“Não, tento não colocar muita pressão sobre mim. Tento sempre melhorar e trabalhar arduamente todos os dias. Se estiver preparado as coisas podem ser boas, se não estiver preparado será mais difícil. Nem tudo depende de mim, as corridas são difíceis e o sucesso depende de muita coisa, pelo que vou fazer tudo para ser o mais perfeito possível.”

3. Este ano é muito especial para a Yamaha pela celebração do 50º Aniversário de presença no MotoGP, o que significa para ti fazeres parte disso?

“Quando vim para a Yamaha aos 19 anos foi a concretização de um sonho; a lenda da Yamaha era muito grande. Ser um dos Campeões na história da Yamaha é bom. Estou desejoso por fazer parte deste ano especial.”

4. Tens novo companheiro de equipa esta época, com o Ben Spies a entrar para a equipa, estás a gostar de trabalhar com ele?

“Sim, o Bem é muito amistoso, é sério na pista, como eu, mas não temos problemas entre nós e não creio que os venhamos a ter no futuro. A nossa situação é muito forte porque somos dois pilotos rápidos. Penso que a forma como estamos em pista, e fora dela, é muito diferente. É bom termos uma grande relação, não apenas por nós, mas também para ajudarmos a Yamaha a desenvolver a moto.”

5. Já completaste um Teste aqui em Sepang; o que achas da YZR-M1 de 2011?

“Creio que um piloto nunca está totalmente satisfeito, mas compreendo que é muito difícil melhorar uma máquina de MotoGP a este nível e quando já tem tanto sucesso. Acredito na Yamaha e sei que vamos continuar a ter uma moto vencedora como nos últimos anos.”

6. Este ano escolheste correr com o número 1 na tua moto, o que te levou a esta decisão?

“Sempre que tiver a oportunidade corro com o número 1 na minha moto. Quando corrida no Campeonato de Maiorca rodei sempre com o número 1 e quanto venci o Campeonato do Mundo de 250cc também rodei com o número 1. Tradicionalmente quando um piloto se torna Campeão do Mundo tem o direito de o fazer, é por isso que vou continuar a fazê-lo sempre que tiver a oportunidade.”

7. No ano passado ganhaste fama pela forma pouco usual como celebraste as vitórias, tens algo planeado para este ano?

“Ainda não, mas se tivesse também não os revelaria!”

8. Vais estar a testar outra vez amanhã, aqui em Sepang, em que é que te vais concentrar neste Teste?

“Trabalhei muito na minha condição física durante as últimas duas semanas, já que me senti algo cansado após o último Teste depois de tanto tempo afastado de uma máquina de MotoGP. Agora, em melhor condição física e mais acostumado à moto, vou dar o máximo para ver o que a Yamaha tem para o Teste.”

9. Tens alguma mensagem para os fãs da Yamaha?

“É o 50º Aniversário da Yamaha em Grandes Prémios, um ano muito especial. Finalmente temos o número 1 na moto ao cabo de 17 anos, pelo que é um ano muito importante para toda a família da Yamaha; espero que todos gostem das corridas deste ano.”

10. Tiveste a oportunidade de ver o azul corporativo da Yamaha na decoração de 2011 da tua moto, quais foram as tuas primeiras impressões?

“É muito bom, gosto muito das cores oficiais da Yamaha, pelo que estou contente.”

11. Quais são as tuas previsões para o Ben para esta época?

“Penso que Ben vai lutar pelo Campeonato. Ele é muito rápido e já mostrou que é capaz de lutar na frente do pelotão e foi o melhor piloto satélite do ano passado.”

Tags:
MotoGP, 2011, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›