Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi com começo “feliz” na Malásia

Rossi com começo “feliz” na Malásia

O piloto da Ducati Team ficou satisfeito com a forma como correu o primeiro dia do Teste de Sepang, enquanto o companheiro de equipa Nicky Hayden também se mostrou animado com o trabalho efectuado.

Os pilotos da Ducati Team, Valentino Rossi e Nicky Hayden, tiraram o máximo partido de um dia inteiro sem chuva em Sepang, Malásia, se bem que as temperaturas se apresentaram mais altas que no ensaio de três dias realizado na pista no início do mês.

Rossi continuou o importante trabalho na afinação da GP11, completando 53 voltas e escolhendo mais alguns acertos de base em que a sua equipa pretende concentrar-se no futuro. Hayden trabalhou na afinação com o intuito de reduzir as vibrações e, apesar de queda lenta antes do almoço, ficou satisfeito com os progressos conseguidos até ao final do dia.

Valentino Rossi - 9º, 2m01,999s:

“Podemos estar contentes com este primeiro dia porque ficámos a um segundo do topo, tal como terminámos o primeiro Teste, mas sem tentarmos um “ataque tardio ao tempo” com o pneu macio, ao contrário dos outros. Estive em sexto durante a maior parte do dia, o que era o objectivo que tínhamos traçado. Ainda estou a perder cerca de três décimos de segundo devido ao ombro porque ainda estou forte nas curvas para a esquerda e, por norma, costumo ser o oposto; o resto vamos ter de encontrar com trabalho na moto. Também estou contente porque passei o dia todo com pneus duros, os mesmos com que lutámos antes de hoje. No final optámos pelas duas afinações que tínhamos escolhido no último Teste. Serão essas as nossas base de trabalho agora e é nisso que vou centrar o meu trabalho nos próximos dois dias.”

Nicky Hayden - 12º, 2m02,680s:





“É bom estar de volta a Sepang, trabalhar e desenvolver a GP11. Passámos a manhã a verificar algumas coisas e a confirmar o que aprendemos da última vez que cá estivemos. Correu praticamente tudo como previsto, excepto a pequena queda que tive na Curva 1 perto do final da manhã. Estava mesmo muito quente e perdi a frente e fui ao chão, mas estava a rodar devagar e não causei danos na moto, nem em mim. Hoje sentimos menos vibrações que da última vez, o que é bom. Temos de continuar a reduzir isso durante os próximos dois dias e também encontrar mais alguma tracção, pelo que temos muito com que nos ocupar.”

Comunicado de imprensa Ducati Team

Tags:
MotoGP, 2011, Nicky Hayden, Valentino Rossi, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›