Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Jerez espera último Teste de pré-época de Moto2 e 125cc

Jerez espera último Teste de pré-época de Moto2 e 125cc

As duas categorias vão-se reunir para o último Teste antes do início da época no circuito espanhol já a partir desta sexta-feira, com a classe intermédia a receber os motores Honda oficiais.

Jerez de la Frontera vai receber o último Teste de pré-época de Moto2 e 125cc neste fim-de-semana com a acção em pista a começar na sexta-feira e a estender-se ao longo de três dias.

Em boa verdade, alguns dos que vão marcar presença no ensaio já estiveram a trabalhar na pista na semana passada na tentativa de compensar o encontro do Estoril que foi marcado por tempo adverso. Marc Márquez (Team Catalunya Caixa Repsol), Julián Simón (Mapfre Aspar) e Scott Redding (Marc VDS Racing) foram alguns desses nomes e o trio vai agora juntar-se aos restantes elementos da Moto2 para rodarem pela primeira vez com os blocos oficiais de 600cc da Honda, que serão entregues pela Geo Technology.

A dupla da Gresini Racing, Yuki Takahashi e Michele Pirro, também esteve em Jerez na semana passada dando continuidade ao seu trabalho, enquanto Andrea Iannone (Speed Master), Tom Lüthi (Interwetten Paddock Moto2 Racing), Alex de Angelis (JiR Moto2) e Jules Cluzel (Forward Racing) são outros pilotos que esperam apresentar forte prestação antes do início da época no Qatar. A dupla da Ioda Racing, Simone Corsi e Mattia Pasini, vai tentar verificar o trabalho que têm feito com a nova equipa, enquanto Mika Kallio (Marc VDS) e Aleix Espargaró (Pons Racing) vão dar os próximos passos no que toca à sua mudança do MotoGP para a Moto2.

Ratthapark Wilairot (Thai Honda Singha-SAG) vai fazer o muito desejado regresso à acção depois de ter recuperado de uma lesão sofrida no defeso, enquanto o turco Kenan Sofuoglu (Technomag CIP), o alemão Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) e o americano Kenny Noyes (Avintia-STX) são apenas alguns dos pilotos que vão tentar reforçar o trabalho já feito nesta pré-época. O polaco Lukasz Wargala vai também dar continuidade à adaptação ao novo desafio que tem pela frente no Campeonato do Mundo com a G22 Racing Team.

Interessante será também ver como é que a dupla da MZ, Max Neukirchner e Anthony West, se vai dar com os dois chassis diferentes; o primeiro vai rodar com um chassis FTR e o último com uma evolução do quadro levada a cabo pela equipa germânica. Já os estreantes da classe vindos das 125cc, Bradley Smith (Tech 3), Pol Espargaró (HP Tuenti Speed Up), Randy Krummenacher (GP Team Switzerland) e Esteve Rabat (Blusens-STX), vão testar pela primeira vez com os motores oficiais.

Também em pista ao longo dos três dias estarão os pilotos de 125cc, em preparação para a última temporada da categoria antes da introdução da Moto3 em 2012.

Entre os mais experientes destacam-se os nomes de Nico Terol, Héctor Faubel (ambos da Bancaja Aspar), Sergio Gadea (PEV-Blusens-SMX-Paris Hilton) e Sandro Cortese (Racing Team Germany Intact), enquanto nos estreantes as atenções vão todas para Maverick Viñales (PEV-Blusens-SMX-Paris Hilton), Miguel Oliveira (Andalucia Cajasol) e para o jovem britânico Danny Kent (Red Bull Ajo Motorsport). Todos eles vão tentar terminar o último Teste de pré-época da melhor forma possível.

Ambas as classes vão partilhar a pista durante a maior parte dos três dias, sendo que durante a tarde haverá sessões exclusivas para a Moto2 e 125cc.

Tags:
Moto2, 2011

Outras actualizações que o podem interessar ›