Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi preocupado com ombro e Hayden frustrado com qualificação

Rossi preocupado com ombro e Hayden frustrado com qualificação

Valentino Rossi vai partir da terceira linha da grelha, em nono, para o Commercialbank Grand Prix of Qatar. O seu companheiro de equipa na Ducati Team, Nicky Hayden, larga de 13º e vai ter de se esforçar para chegar à frente depois de ter cometido um erro no último sector daquela que teria sido a sua melhor volta, o que o impediu de melhorar a sua marca.

O italiano disse estar satisfeito com os progressos conseguidos com a afinação da sua GP11 e espera que o ombro ainda lesionado lhe permita manter bom ritmo até ao final da corrida de 22 voltas de amanhã, uma distância que ainda não completou uma única vez desde a operação em Novembro passado.

Valentino Rossi, Ducati Team

“Penso que sem o problema no ombeto, que me está a fazer perder cinco ou seis décimos, podia estar na segunda fila. Conseguimos melhorar a afinação com algumas importantes modificações que nos vão ajudar no futuro próximo. Hoje consegui rodar melhor com a GP11, mas quando usámos o pneu macio no final da sessão a minha força já tinha acabado. Houve algumas partes da pista onde não consegui puxar. De todos os modos, conseguimos um bom tempo e ainda temos algumas coisas que podemos testar no warm up. Quanto à corrida, penso que desde que o meu ombro aguente serei capaz de ter um ritmo relativamente competitivo, tirando as duas Honda.”

Nicky Hayden, Ducati Team

“Claramente não fui suficientemente rápido. Testámos uma afinação muito semelhante à do ano passado no início da sessão, mas não funcionou. Voltei para a minha outra moto e estava uma volta decente, mas cometi um erro na última curva. Consegui ser rápido com pneus usados durante todo o fim-de-semana, mas não foi o caso esta noite, nem mesmo com a temperatura mais elevada. Foi a primeira vez, desde que deixámos de ter pneus de qualificação, que rodei no segundo 55 aqui, mas este ano foi claramente insuficiente. Está a ser um fim-de-semana frustrante e amanhã não será fácil partir tão atrás, mas ainda não estamos prontos para ir para casa.”

Tags:
MotoGP, 2011, COMMERCIALBANK GRAND PRIX OF QATAR, Nicky Hayden, Valentino Rossi, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›