Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa operado após Jerez

Pedrosa operado após Jerez

Dani Pedrosa (Repsol Honda), que foi operado em Outubro passado para estabilizar a dupla fractura na clavícula esquerda contraída no Grande Prémio do Japão, vai ser algo de nova operação após a participação no Gran Premio bwin de España deste fim-de-semana. O piloto da Repsol Honda vai tentar tirar o máximo partido do mês de paragem no calendário resultante do adiamento do Grande Prémio do Japão.

Após vários exames médicos levados a cabo pelo Dr. Eusebio Sala Planell, especialista em cirurgia vascular, Dani Pedorsa (Repsol Honda) foi diagnosticado com compressão intermitente da artéria subclaviana, o que causa dormência e falta de força no braço esquerdo.

Na operação, a placa e parafusos de titânio serão removidos da clavícula para libertar a compressão. O espanhol começará a reabilitação imediatamente após a operação e regressará à acção no Estoril, aquando do Grande Prémio de Portugal, a 1 de Maio.

Dani Pedrosa, Repsol Honda

“Nunca é bom ter uma operação, mas estivemos muito tempo à procura de uma resposta para os efeitos desta lesão e agora estou tranquilo porque finalmente sei o que aconteceu. Agora estamos em Jerez, quero concentrar-me na corrida e trabalhar com a equipa da melhor forma possível para a corrida. Trata-se de uma prova especial, o público é sempre presente para nos dar um ponto extra e espero que isso me ajude, como sempre. Gosto da pista, tive sempre bons resultados aqui e encaro o fim-de-semana de mente aberta, tentando fazer o melhor tendo em conta a minha condição física actual.”

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›