Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa com processo de recuperação complicado

Pedrosa com processo de recuperação complicado

O piloto da Repsol Honda revelou, na semana passada, que vai ser alvo de nova cirurgia para corrigir o problema com que ainda se debate no braço esquerdo e que surgiu na sequência da queda em Motegi, em Outubro passado.

“Nunca é bom ter uma operação, mas procurámos a resposta aos efeitos desta lesão durante muito tempo e estou tranquilo porque, finalmente, sei o que aconteceu,” afirmou Dani Pedrosa num comunicado de imprensa na passada quinta-feira, em Jerez, em referência ao problema físico que o tem continuado a afectar há já quase seis meses.

O piloto da Repsol Honda contraiu a lesão – fractura da clavícula – em Outubro passado numa queda durante os treinos livres de Motegi e foi forçado a uma operação para colocar uma placa no osso e a perder três corridas (Japão, Malásia e Austrália) em consequência. Pedrosa tentou rodar em Phillip Island, apenas duas semanas mais tarde, mas as dores foram demasiadas e ao cabo de duas sessões constatou-se que ainda não tinha recuperado o suficiente.

Pedrosa regressou para as duas últimas corridas, no Estoril a 31 de Outubro, mas sentiu dormência e perda de sensibilidade na mão durante o fim-de-semana, algo que voltou a sentir no fecho da época em Valência e no teste que se seguiu à prova.

Em meados de Novembro Pedrosa foi alvo de vários exames médicos na Clínica Dexeus, em Barcelona, após os quais foi submetido a nova operação. Um período de recuperação de quatro semanas permitiu um estável processo de recuperação receitado pelos médicos e Pedrosa só iniciou um programa gradual de treino no final de Janeiro, depois de receber luz verde dos médicos.

Tudo parecia estar bem, ainda para mais tendo em conta a boa forma apresentada na pré-época, no segundo Teste de Sepang em Fevereiro, mas surgiram problemas durante a primeira corrida de 2011, no Qatar, onde Pedrosa sentiu perda de força e sensibilidade no braço. Na conferência de imprensa que se seguiu à corrida Pedrosa afirmou que tinha sido uma das provas mais difíceis da sua vida e após este fim-de-semana de Jerez vai, uma vez mais, submeter-se a uma cirurgia para tentar resolver finalmente o problema.

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›