Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Operação de Pedrosa bem sucedida

Operação de Pedrosa bem sucedida

O piloto da Repsol Honda retirou os parafusos e placa que lhe tinham sido colocadas na clavícula. A cirurgia teve lugar em Barcelona.

Dani Pedrosa foi submetido a uma operação no Teknon Medical Centro, em Barcelona, para descomprimir a artéria subclaviana e deverá recuperar de forma satisfatória. A intervenção foi realizada pelo Dr. César García-Madrid, cirurgião vascular, e pelo Dr. Joaquim Casañas, cirurgião ortopédico e de traumatologia, ambos especialistas do Teknon.

Com o objectivo de aliviar a compressão arterial, a placa de titânio e os parafusos que tinham sido colocados na clavícula foram removidos. A artéria subclaviana também foi separada do tecido fibrótico que rodeia o espaço cotoclavicular. Ao mesmo tempo, uma angiografia transfemoral confirmou o regresso do fluxo subclaviano.

Os exames médicos levados a cabo na semana passada, no Institut Vascular Sala Planell, incluindo vários exames médicos e TACs de quatro dimensões em posições específicas, confirmaram que os sintomas das dores, dormência e falta de força no braço esquerdo de Dani se deveram à compressão da artéria subclaviana secundária.

Dani Pedrosa vai continuar no hospital durante mais 48 horas para dar seguimento ao tratamento com analgésicos e anti-inflamatórios. Na próxima semana visitará de novo os médicos para determinar a reabilitação com vista à participação no Grande Prémio de Portugal, que tem lugar a 1 de Maio no Estoril.

Comunicado de imprensa Repsol Honda

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›