Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo apresenta novo livro em Barcelona

Lorenzo apresenta novo livro em Barcelona

O Campeão do Mundo fala do incidente Rossi/Stoner em Jerez, da terceira jornada no Estoril e da Yamaha M1 de 2012 na apresentação do seu novo livro de fotografias, na quarta-feira.

Três depois do aniversário sobre a sua primeira vitória na classe de MotoGP (no Estoril) Jorge Lorenzo apresentou o seu novo livro intitulado “Jorge Lorenzo, El nuevo rey de MotoGP” (O Novo Rei do MotoGP) em Barcelona na quarta-feira, num evento liderado pelo jornalista espanhol Ernes Riveras.

Diferente da biografia publicada há três anos sobre o Campeão do Mundo de MotoGP de 2010, o novo livro recorda a sua carreira através de fotos: cerca de 400 de uma base inicial de mais de 1.000. A maioria das fotos foram tiradas pelo fotógrafo Mirco Lazzari, com as legendas da autoria de Matthew Roberts, da BBC.

“Penso que ainda há muito para os meus fãs saberem de mim e este livro tem muitas imagens que nunca antes viram,” disse Lorenzo. “Veremos no futuro se haverá mais coisas para contar, penso que sim, e ainda temos muito tempo pela frente para atingirmos mais coisas.”

Lorenzo falou de vários temas durante a conferência de imprensa de apresentação do livro, incluindo o tempo que passou ao lado de Valentino Rossi na box da Yamaha.

“O Valentino tem sido um rival muito importante na minha carreira de MotoGP, muito duro, mas respeito todos os rivais da mesma forma e como iguais, não idolatro ninguém,” disse Lorenzo. “Todos os pilotos que alinham na grelha são capazes levar a melhor em qualquer dia. Não dou mais importância ao Valentino que a qualquer outro piloto.”

Inevitavelmente, Lorenzo foi questionado sobre o incidente Rossi/Stoner na corrida de Jerez. “Quando se está na moto a adrenalina corre ao máximo nas veias e estava tudo a correr bem para o Stoner – vitória no Qatar, pole em Jerez,” observou Lorenzo. “Ele estava na frente da corrida quando foi ao chão num incidente provocado por outro piloto. Quando isso acontecesse com o Valentino e com alguém de quem não gostasse muito, como é o caso com o Stoner, aborrece ainda mais. Foi no calor do momento e o que ele fez é desculpável. Foi um erro enorme do Valentino. Talvez ele estivesse demasiado optimista porque viu uma possibilidade... Ele estava mais optimista que o normal e foi por isso que caiu.”

Actualmente na frente do Campeonato após duas jornadas graças ao segundo posto no Qatar e vitória em Jerez, Lorenzo comentou: “A época é longa e dura, muito complicada, mas nenhum de nós esperava a primeira posição em Jerez, ou o segundo lugar no Qatar, mas conseguimos. Ficámos na moto, o que foi complicado, porque nestas duas corridas tivemos de dar o máximo. Mas até ao momento está tudo a correr bem.”

Lorenzo revelou depois que há a possibilidade de testar o novo motor da M1 no protótipo da Factory Yamaha Racing no Teste oficial que tem lugar após a ronda do Estoril. “É um motor diferente, vamos ver se é melhor, o mesmo, ou pior.”

O espanhol falou depois da versão de 2012 da M1 que vai testar pela primeira vez após a jornada de Mugello, no início de Julho. “Vai ser um pouco maior, com mais potência, e espero que tenha as características que sempre estiveram associadas à Yamaha: excelente em travagem e em curva,” afirmou. “E esperamos ver alguma mudança no motor, que tenha mais potência que o que é normal na Yamaha – isso seria algo que me deixaria contente, se bem que já sabemos que a moto perfeita não existe.”

Questionado sobre qual foi o seu contributo para o novo protótipo que está actualmente em desenvolvimento para a próxima época, Lorenzo disse: “Não sou engenheiro, quase nem sei como tirar uma roda, só sei andar depressa na moto. Considero que sou um piloto sensível que, com o passar do tempo e experiência que adquiri, consigo dar as indicações mais ou menos correctas. Penso é que com base nessas indicações que a nova 1.000cc está a ser feita.”

“Jorge Lorenzo, El nuevo rey de MotoGP”, publicado pela Libros Cúpula (Planeta), está já à venda em Espanha e em breve estará disponível na Grã-Bretanha e Estados Unidos.

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›