Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Schwantz: GP do Texas é uma “perspectiva excitante”

Schwantz: GP do Texas é uma “perspectiva excitante”

O antigo Campeão do Mundo de 500cc foi uma das figuras principais na assinatura do contrato de dez anos para levar o MotoGP até ao seu Estado natal a partir de 2013 e discutiu o seu entusiasmo aquando do anúncio das notícias.

Após as notícias desta terça-feira da adição do Circuit of the Americas™ em Austin, Texas, ao calendário de MotoGP a partir de 2013, Kevin Schwantz falou com o motogp.com sobre o acordo de dez anos que vai levar o Campeonato do Mundo ao seu Estado natal.

O entusiasmo do Campeão do Mundo de 500cc de 1993 quando falou das novas instalações, ainda em construção e com data de finalização prevista para meados de 2012, era evidente.

“Estou muito excitado depois de ter visto o desenvolvimento destas instalações e penso que vão ser muito atractivas,” disse Schwants ao motogp.com. “Do ponto de vista de um piloto, que é a forma como olho para as coisas, penso que vai ser uma grande pista. Vai ser um grande desafio, segura e vai proporcionar uma volta longa e agradável. Os pilotos vão ter de trabalhar para apresentarem bons tempos por volta para se conseguirem manter na frente da corrida. Há muitas coisas bons e para mim é muito excitante.”

As sugestões de Schwants foram fundamentais para ajudar ao desenvolvimento do circuito para que este possa receber corridas de motos, como o próprio explicou: “Um dos meus bons amigos aqui no Texas, o Tayo Hellmund, é um dos responsáveis por este projecto. É um dos três donos da infra-estrutura e quando falei com ele sobre o tema ele só falava da F1 – eu estava a pensar na forma de garantir que não fazíamos nada que nos inibisse de trazer as motos até aqui.”

“Quando iniciaram o processo de desenho da pista envolvi-me muito. No dia-a-dia não trabalho muito em projectos, mas estive em muitas reuniões com o pessoal do grupo de desenho para garantir que deixamos escapatórias suficientes para as motos, para garantir que é suficientemente seguro para as motos, e espero que isso seja algo que as pessoas notem.”

Na opinião de Schwantz, a importância de uma visão a longo prazo para o GP vai ajudar a aumentar a projecção do MotoGP nos EUA.

“É tudo sobre os pilotos. Se gostarem da pista e acharem segura vão ser os principais defensoras dela e vão falar dela e das corridas aqui, e é isso que vai atrair as pessoas,” disse. “Queremos tentar fazer com que a projecção do MotoGP aqui seja igual à que existe na Espanha ou Itália. Queremos que seja um dos dois ou três desportos mais importantes aqui.”

“Como pilotos, também sabemos o quão excitadas as pessoas ficam com as corridas. Queremos ser capazes de fazer tudo para que todos queiram vir a este evento e que ninguém o queira perder. Do ponto de vista da logística vamos ter uma pista que está a menos de 16 km da capital do Estado, com o aeroporto a meio caminho entre a cidade e a pista. Pensou-se em muita coisa para que os fãs apreciem muito mais e tenham uma experiência muito melhor.”

O trabalho de Schwantz na ajuda à promoção do novo evento vai continuar até à estreia em 2013. “É o que tenho feito no passado e em todas as oportunidades que tive, tanto com Laguna Seca, como com Indianápolis. Terei o maior prazer em fazer o que for preciso para ajudar na promoção enquanto o pessoal do MotoGP está nas corridas,” disse.

“O que quero é ajudar a dar ao nosso desporto o reconhecimento que merece. Laguna Seca tem o Wayne Rainey, o Eddie Lawson e todos os outros tipos da Califórnia, e ajudo-os quando posso, e aqui no Texas será a mesma coisa. Estou perto de casa e espero ajudar a promover tudo o que acontece no traçado a pensar sempre no desporto motorizado.”

“Estar a 20 minutos da minha escola, numas instalações de qualidade mundial, será ideal,” comentou. “Sei como seriam as instalações desde o início e para nós será excelente estar num sítio que recebe o Campeonato do Mundo e aqui tão perto, no Texas.”

Tags:
MotoGP, 2011, Kevin Schwantz

Outras actualizações que o podem interessar ›