Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Terol no topo das 125cc à chegada ao Estoril

Terol no topo das 125cc à chegada ao Estoril

O piloto da Bankia Aspar é o homem a bater depois das vitórias nas duas primeiras jornadas do Campeonato do Mundo de 125cc, enquanto Miguel Oliveira se estreia no Estoril como piloto do Mundial a tempo inteiro.

A categoria de 125cc chega a Portugal com Nico Terol (Bankia Aspar) a ameaçar dilatar ainda mais a sua já impressionante vantagem de 19 pontos na frente do Campeonato do Mundo, isto numa pista onde já por duas vezes terminou no pódio (incluindo o segundo posto do ano passado).

O espanhol está em excelente momento de forma e será o homem a bater no Estoril depois de duas vitórias nas duas primeiras jornadas do ano. Além do impressionante início de época de Terol tem havido também outras prestações muito positivas por parte dos pilotos que o perseguem, um deles é o jovem talento germânico Jonas Folger. O piloto da Red Bull Ajo Motorsport, quinto no Qatar e segundo em Jerez (o seu segundo pódio no Campeonato do Mundo), estará confiante o bastante para tentar resultado do mesmo calibre em Portugal, isto enquanto o compatriota Sandro Cortese (Intact Racing Team Germany) também estará desejoso por lutar pela primeira vitória.

A corrida molha de Jerez viu seis pilotos das 125cc assinarem os melhores resultados das suas carreiras nos GPs e o gaulês Johann Zarco (Avant-AirAsia-Ajo) foi um deles. O primeiro pódio de Zarco colocou-o num trio de pilotos muito próximos que inclui Folger e Cortese. Enquanto isso, a confiança dos jovens britânicos Danny Kent (Red Bull Ajo Motorsport) e Taylor Mackenzie (Phonica Racing), ambos a terminarem nos cinco primeiros, será elevada. Ao mesmo tempo espera-se que a experiente dupla espanhola Efrén Vázquez (Avant-AirAsia-Ajo) e Sergio Gadea (Blusens by Paris Hilton Racing Team) lute pelas posições da frente.

Héctor Faubel (Bankia Aspar) deverá estar desesperado por dar verdadeiro início à sua campanha depois de ter ficado fora dos dez primeiros nas duas corridas já disputadas, enquanto a dupla da Mahinda Racing, Marcel Schrötter e Danny Webb estará apostada em somar mais pontos para a formação indiana depois da estreia pela mão do alemão com o 13º posto em Jerez.

Luis Salom (RW Racing GP) estará de novo em boa forma após a operação à lesão contraída na mão direita numa queda em Jerez, enquanto o germânico Kevin Hanus (Team Hanusch) volta a rodar como wildcard numa Honda.

Contudo, as principais atenções do público português que marcar presença no Estoril estarão sobre Miguel Oliveira (Team Andalucía Banca Cívica). O primeiro luso a tempo inteiro no Campeonato do Mundo tem impressionado o paddock desde os treinos de pré-época e estreou-se no Mundial com um positivo décimo lugar. Em Jerez o jovem Oliveira este ainda em maior destaque ao rodar em terceiro nas traiçoeiras condições de pista molhada contudo, acabou por se ver vítima dessas mesmas condições ao cair à entrada da recta da meta nos momentos iniciais da corrida.

O ritmo de Miguel era forte e tudo fazia antever um grande resultado, mas agora a contar com o apoio do público e a correr em casa o piloto deverá estar apostado em mais uma grande prestação e num resultado ainda melhor que o do Qatar para responder ao desaire de Espanha.

Tags:
125cc, 2011, bwin GRANDE PREMIO DE PORTUGAL

Outras actualizações que o podem interessar ›