Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa positivo, Stoner e Dovizioso insatisfeitos

Pedrosa positivo, Stoner e Dovizioso insatisfeitos

Os pilotos da Repsol Honda tiveram sortes diferentes nas duas sessões de treinos livres de Sexta-Feira do bwin Grande Prémio de Portugal. Dani Pedrosa foi o terceiro mais rápido, Casey Stoner foi quinto e Andrea Dovizioso 12º.

Depois da longa paragem depois de Jerez, o MotoGp regressou ao Estoril e foi a Honda que liderou as duas sessões de treinos, mas acabou por ser o piloto do Gressini Team, Marco Simoncelli que detém até esta altura a melhor volta nesta categoria. Stoner conseguiu o segundo tempo absoluto, mas andou pouco em pista, devido a pequenos problemas que o colocaram como o quinto mais rápido do pelotão.

Pedrosa estava com sentimentos no final da sessão da tarde, principalmente porque se dava conta de que estava praticamente recuperado da cirurgia a que foi submetido ao ombro, o que se reflectia no terceiro tempo absoluto conquistado. Dovizioso não estava agradado com o que conseguira; foi sexto no treino da manhã, mas baixou para 12º durante a tarde, queixando-se instabilidade no trem da frente da sua máquina.

Casey Stoner, Repsol Honda

"Para ser honesto não estou muito contente com o que consegui neste primeiro dia. Tivemos uma série de pequenos problemas na moto e acho que poderíamos ter sido mais produtivos. Temos muito trabalho pela frente, principalmente no que respeita á travagem no meio da curva, onde ainda “lutamos” demasiado contra a moto. Se estiver melhor tempo amanhã, acho que conseguimos melhorar a situação, mas para já estamos numa situação algo embaraçosa. ".

Dani Pedrosa, Repsol Honda

"Acho que este primeiro dia foi bastante positive. É a minha primeira corrida após a operação a que fui sujeito e apesar de estar tudo a correr pelo melhor, acho que ainda consigo melhorar. Para já não tenho dores. Apenas uma pequena impressão, que vai melhorando a pouco e pouco. Andei muitas voltas seguidas no final da segunda sessão para tentar avaliar se consigo ou não ter resistência para suportar toda a corrida. Ainda não posso avaliar correctamente a situação pelo que não decidi se participo ou não na corrida. Veremos amanhã na qualificação. ".

Andrea Dovizioso, Repsol Honda

“Hoje tive duas sessões de treinos complicada e por isso não posso estar satisfeito. Tive muitos problemas com o trem da frente da moto e fizemos muitas modificações para tentar acertar a afinação da moto e melhorar para a tarde… Tentei tudo para melhorar os meus tempos, mas não foi possível. Hoje esteve seco e só espero que assim continue para melhorarmos a moto com as mesmas condições. Só que de acordo com as previsões, ao que parece vai chover e isso complica tudo.”.


 


Tags:
MotoGP, 2011, bwin GRANDE PREMIO DE PORTUGAL

Outras actualizações que o podem interessar ›