Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Terol confirma pole e Oliveira é terceiro

Terol confirma pole e Oliveira é terceiro

O actual líder do Campeonato do Mundo de 125cc Nicolas Terol (Bankia Aspar) deu continuidade ao domínio nas oitavo de litro garantindo a pole position para o bwin Grande Prémio de Portugal. A seu lado na primeira linha da grelha no Estoril vão estão Sandro Cortese (Intact-Tacing Team Germany) e o português Miguel Oliveira (Team Andalucía Banca Cívica).

O espanhol garantiu a terceira pole-position da carreira, conseguindo uma boa vantagem de cerca de sete centésimos sobre o segundo, ele que assegurou a conquista do máximo de 50 pontos nas primeiras duas corridas da época. Cortese, que saiu da pole em Jerez, ficará na primeira linha ao lado do seu companheiro de equipa na segunda posição. O alemão não conseguiu alinhar na corrida disputada no ano passado no Circuitro Estoril, pelo que ambiciona um melhor resultado amanhã.

Oliveira esteve muito bem, empolgando os seus seguidores portugueses e garantindo também ele um lugar na primeira linha da grelha, logo na terceira corrida da carreira nesta classe. O piloto de 16 anos, ficou apenas a 0.849s da pole de Terol e esteve sempre na luta por um lugar entre os três primeiros para a corrida de 125 cc que amanhã se realizará no Estoril. Poucos minutos antes de terminar a sessão, subiu ao segundo lugar, para já quase em “tempo de descontos” baixar de novo a terceiro, mas garantindo ao Team Andalucia Banca Cívica a estreia na primeira fila de uma grelha de partida para esta categoria.

No primeiro lugar da segunda linha colocou-se Héctor Faubel, que tentará manter os bons resultados efectuados até este momento na pista do Estoril, em que foi segundo nesta classe em 2005 e 2006.

A qualificação foi disputada em seco, depois de esta manhã os pilotos ainda terem encontrado a pista bastante molhada, mas a temperatura não era muito elevada, o que facilitou um pouco o desempenho dos pilotos e equipas, isto apesar de muitos deles sentirem grandes dificuldades para tentarem afinar convenientemente as suas máquinas.

O quinto lugar ficou na posse de Alberto Moncayo (Team Andalucía Banca Cívica),logo á frente de Johann Zarco (Avant-AirAsia-Ajo) que pela primeira vez se classificou no pódio na passada corrida de Jerez. Luis Salom (RW Racing GP) foi o sétimo mais rápido, sendo o ultimo dos pilotos a ficar apenas a dois segundos da pole-position.

Jonas Folger (Red Bull Ajo Motorsport) o Segundo colocado em Jerez, foi o oitavo mais rápido, á frente de Efrén Vázquez (Avant-AirAsia-Ajo). O terceiro piloto da Bankia Aspar a figurar no Top 10 foi Adrián Martín, apesar de uma ligeira saída de pista no início da sessão, em que aparentemente também terá estado envolvido Sarath Kumar (WTR-Ten10 Racing), que acabou por não se qualificar.

Esta sessão de qualificação foi repleta de acidentes; uma saída algo aparatosa de Taylor Mackenzie (Phonica Racing) e um acidente que envolveu o húngaro Peter Sebestyen (Caretta Technology Race DPT) e Danny Kent, todos na primeira curva. Kevin Hanus (Team Hanusch) não conseguiu qualificar-se por causa de um acidente no mesmo local, pelo que Harry Stafford (Ongetta-Centro Seta) acabou por ser o piloto britânico melhor classificado (17º) á frente do seu compatriota Danny Webb (Mahindra Racing) que terminou em 18º.

Hiroki Ono (Caretta Technology Forward Team), que tinha conseguido uma boa prestação em Jerez, caiu na primeira curva, tocado por Sergio Gadea (Blusens by Paris Hilton Racing). O espanhol ainda tentou tudo para evitar Gadea, mas os dois tocaram-se no ombro, conseguindo ainda assim continuar sem problemas físicos.

Alessandro Tonucci (Team Italia FMI) que tinha caído na última sessão de treinos livres, não será autorizado a participar na corrida, pois sofreu alguns danos físicos na sequência da referida queda desta manhã.

Tags:
125cc, 2011, bwin GRANDE PREMIO DE PORTUGAL, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›