Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Trio de pilotos Honda nas primeiras duas filas

Trio de pilotos Honda nas primeiras duas filas

As três Repsol Honda vão partir amanhã para o bwin Grande Prémio de Portugal incluídos nas duas primeiras filas da grelha do MotoGP do Estoril. Dani Pedrosa parte na primeira fila em terceiro, enquanto Casey Stoner e Andrea Dovizioso, estarão logo atrás, na quarta sexta posições.

Segundo colocado no campeonato MotoGP, Pedrosa estava satisfeito ao verificar que os seus esforços foram recompensados, estando agora convencido de que poderá alinhar na corrida confiante numa quase total recuperação física. O espanhol sabe que a corrida vai ser dura. O ex-campeão do mundo Casey Stoner, não esteve no seu melhor cometendo alguns erros incompreensíveis. O australiano entendeu que a sessão da manhã não tinha sido representativa da sua competitividade em pista, pois a equipa concentrou-se mais nas afinações para chuva, ao passo que a qualificação foi efectuada sobre pista seca. Pelo seu lado  Dovizioso estava satisfeito com a sua actuação e com a posição obtida a segunda linha da grelha. Prefere uma corrida “seca” pois foi para isso que a equipa trabalhou durante as sessões de treinos anteriores.


 


Dani Pedrosa, Repsol Honda

"Estar na primeira fila deixa-me muito contente. Foi uma qualificação muito disputada, como acontece sempre neste circuito. O meu objectivo foi sempre ocupar um lugar na primeira linha e como consegui, não posso estar mais satisfeito. Ainda vamos tentar melhorar um pouco a moto para amanhã, para a tornar mais confortável para a corrida. Fisicamente sei que vai ser muito difícil, por causa da recente cirurgia a que fui sujeito, mas honestamente acho que o meu ombro está bastante melhor, apesar dos músculos ainda me doerem um pouco.Ainda assim espero conseguir andar perto do Lorenzo, pois acho que ele vai fazer uma corrida consistente e será um dos pilotos chave da corrida. O tempo é algo que não conseguimos mudar, pelo que só nos resta dar o nosso melhor em todas as condições”


 


Casey Stoner, Repsol Honda

"Hoje não foi realmente um dos nossos melhores dias. Perdemos muito tempo a tentar acertar a afinação, mas foi uma verdadeira perca de tempo. Conseguimos melhorar um pouco mas apenas acreditamos que tudo o que fizemos só serve para o caso de termos que correr com a pista molhada. Esta tarde, continuámos a tentar e no final da sessão optámos por introduzir algumas ideias novas em relação ao acerto final da moto, só que nunca encontrámos um verdadeiro equilíbrio e voltámos a perder o nosso tempo… Nem sequer consegui usar correctamente os pneus mais moles que me permitiriam melhorar o meu tempo para a grelha. Cometi alguns erros no início das voltas com essas borrachas mais moles, mas só posso manter a confiança numa boa corrida amanhã, pois temos potencial para isso e a equipa está motivada.


 


Andrea Dovizioso, Repsol Honda

“É importante sairmos de uma boa posição, pelo que estou satisfeito com o trabalho efectuado. Trabalhámos muito ao longo de todas as sessões, mas ainda mais durante a qualificação e os resultados estão á vista. Consegui fazer uma volta abaixo de 1m38s. Há duas situações que ainda tentaremos melhorar para amanhã e só me resta esperar que a pista esteja seca.”

Tags:
MotoGP, 2011, bwin GRANDE PREMIO DE PORTUGAL, Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso, Casey Stoner, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›