Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Trio da Repsol Honda satisfeito com o “top 4” obtido

Trio da Repsol Honda satisfeito com o “top 4” obtido

Foi um fim de semana muito bem sucedido para a equipa Repsol Honda neste bwin Grande Prémio de Portugal, já que Dani Pedrosa conseguiu uma saborosa vitória, Casey Stoner foi terceiro e Andrea Dovizioso, ultrapassou Valentino Rossi na última volta da corrida, conseguindo chegar ao quarto lugar final.

Pedrosa travou uma interessante batalha com o seu compatriota, Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing) depois de seguir de perto o Campeão do Mundo em Título e o ir estudando ao longo de uma corrida, consumando a ultrapassagem na antepenúltima volta da corrida, garantindo assim os 25 pontos da vitória que é a 13ª da sua carreira, num circuito em que nunca até este momento tinha conseguido subir ao lugar mais alto do pódio. O piloto espanhol, ficou igualmente satisfeito pelo facto de ter conseguido recuperar a boa forma, após a sua recente cirurgia.


 


Stoner não fez uma boa partida no Estoril, pois a sua moto escorregou um pouco, deixando na que Simoncelli passasse pela Honda, e perdendo depois tempo, quando o piloto da (San Carlo Honda Gresini Team) caiu acidentado, nas voltas iniciais. O ex-Campeão do Mundo, ficou depois aliviado por ter conseguido manter a terceira posição num pódio que quase lhe pareceu impossível de conquistar a partir desta altura da corrida.


 


Dovizioso passou toda a corrida a estudar o comportamento de Valentino Rossi (Ducati Team) que lutava bastante para manter estável a sua moto. Depois de o ter conseguido ultrapassar sobre a meta, o piloto pode enfim descansar e aliviar a pressão que manteve durante as 28 voltas da corrida.


 


Dani Pedrosa, Repsol Honda

"Estou realmente muito satisfeito, com a vitória que conquistei hoje, mas ainda mais feliz porque confirmei que a minha boa forma física tinha regressado, confirmando o sucesso da cirurgia a quer fui submetido. Por diversas vezes tentei poupar o meu braço, seguindo atentamente Lorenzo, para ter forças para o atacar nas derradeiras voltas. Consegui, dar o meu melhor e no final senti confiança para atacar a primeira posição, afastando-me depois alguns metros que eram necessário para defender o comando e fui bem sucedido Estou muito satisfeito por ganhar no Estoril pela primeira vez e agradeço em primeiro lugar aos médicos que me operaram, pois fizeram um bom trabalho, que me permitiu vencer.”


 


Casey Stoner, Repsol Honda

"Fizemos uma partida interessante, mas o Pedrosa ainda foi melhor e tive que travar a fundo para evitar bater-lhe. Depois disso, lutei algum tempo com o Marco Simoncelli pela terceira posição, mas ele tapou-me nas primeiras curvas o que não me agradou de todo. Na quarta volta ele despistou-se e perdi o contacto com o Pedrosa e o Lorenz. Não estava realmente muito confiante nas primeiras voltas, principalmente no que respeita á aderência do pneu traseiro e nas curvas para a esquerda. Por tudo isto apenas posso estar muito contente com a terceira posição obtida nesta corrida. 


Andrea Dovizioso, Respol Honda

“Depois de um fim de semana complicada, mas no final a corrida foi muito boa, pois consegui ultrapassar o Rossi na última volta. Rodei sempre nos limites, mas ele também, pelo que foi muito difícil conseguir consumar a ultrapassagem antes. Tentei primeiro na curva 10, mas não deu e depois arrisquei uma saída muito rápida e acabei por conseguir. Deveríamos começar logo de início, competitivos, mas afinal tudo acabou bem. Ainda temos que melhorar muito no set up da moto e nalgumas partes do sistema electrónico.”

Tags:
MotoGP, 2011, bwin GRANDE PREMIO DE PORTUGAL, Casey Stoner, Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›