Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bradl em boa forma na chegada da Moto2 a França

Bradl em boa forma na chegada da Moto2 a França

O alemão lidera o Campeonato do Mundo com a categoria prestes a voltar à acção em Le Mans para o Monster Energy Grand Prix de France neste fim-de-semana.

A Moto2 chega a Le Mans este fim-de-semana para o Monster Energy Grand Prix de France, com o germânico Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) a apresentar-se como o homem mais forte da categoria.

Bradl começou cada uma das três jornadas de 2011 a partir da pole position e somou duas vitórias (Qatar e Estoril) e é o actual líder do Campeonato com 13 pontos de margem sobre Andrea Iannone.

O italiano entregou a liderança da classificação a Bradl em Portugal, quando ficou fora do grupo que lutava pela vitória em Portugal a três voltas do fim, e agora vai tentar recuperar o terreno perdido em Le Mans. É um circuito onde Iannone tem como melhor resultado o quarto posto conquistado na corrida de Moto2 do ano passado.

Simone Corsi (Ioda Racing Project) está com início de temporada consistente e terminou no pódio em Le Mans no ano passado na categoria intermédia, enquanto Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) regressa ao palco da sua última vitória em GPs (nas 125cc em 2006) determinado a somar o primeiro triunfo de Moto2 depois de ter caído em Portugal quando fazia parte do grupo da frente.

Julián Simón somou o primeiro pódio do ano em Portugal e foi segundo na Moto2 em Le Mans no ano passado, o que deixa o piloto da Mapfre Aspar ainda mais desejoso pela conquista da sua primeira vitória na Moto2. Enquanto isso, Yuki Takahashi também se estreou entre os três primeiros este ano no Estoril e regressa ao local onde venceu o primeiro GP da carreira, em 2006 nas 250cc.

Bradley Smith (Tech 3) e Scott Redding (Marc VDS Racing) tiveram corridas difíceis em Portugal e estarão ansiosos por atirar para trás das costas a terceira jornada da época com fortes resultados em França. O último dos dois ainda está à procura dos primeiros pontos do ano, tal como acontece com o Campeão do Mundo de 125cc Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol). O italiano Claudio Corti (Italtrans) vai ser alvo de exame médico na quinta-feira para avaliar o seu estado físico depois de se ter lesionado no ombro em Portugal.

A prova gaulesa vai contar com duas participações wildcard: o australiano Alex Cudlin, a rodar com uma Moriwaki da QMMF Racing Team, e o sul-africano Steven Odendaal, com uma Suter da MS Racing banner.

Tags:
Moto2, 2011, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE

Outras actualizações que o podem interessar ›