Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Simoncelli e Aoyama prontos para o desafio de Le Mans

Simoncelli e Aoyama prontos para o desafio de Le Mans

O italiano da San Carlo Honda Gresini está apostado a voltar a rodar na frente depois de ter caído nas duas últimas jornadas, enquanto o companheiro de equipa nipónico quer continuar os progressos estáveis.

Marco Simoncelli, da Team San Carlo Honda Gresini, ruma a França este fim-de-semana com o objectivo de inverter os resultados negativos nas duas últimas corridas em Jerez e no Estoril. O italiano conseguiu libertar a frustração da queda em Portugal durante o dia de testes na segunda-feira que se seguiu ao GP, onde foi o mais rápido. A prestação confirmou que o seu ritmo e confiança não foram afectados e está agora de olhos postos no primeiro pódio da carreira na categoria rainha, em Le Mans.

Hiroshi Aoyama foi consistente nas três primeiras corridas do ano e está apenas a três pontos do quarto lugar no Campeonato. O nipónico da San Carlo Honda Gresini tem melhorado de forma constante as suas sensações com a Honda RC212V e a sua relação com a equipa, cada vez melhor, é uma forte base para futuros progressos. Hiroshi nunca teve muito sucesso em Le Mans, mas quer tirar partido do recente bom momento de forma nesta fim-de-semana.

Marco Simoncelli:
“O teste do Estoril no dia após o GP foi uma boa forma para esquecer a corrida e ir para Le Mans com uma atitude diferente. Agora estou apenas apostado em fazê-lo da forma certa. O teste foi um sucesso e importante antes da quarta corrida do ano. Estou mais certo que nunca que posso rodar na frente e vou dar tudo para conseguir um bom resultado. Vou claramente tentar evitar cometer o mesmo erro com pneus frios porque a única coisa positiva de Portugal foi a bela foto que me tiraram a voar da moto! Brincadeiras à parte, quero dar-me bem em Le Mans, um circuito de que não gosto muito, isto apesar de ter ganho a corrida das 250cc em 2009 e de ter sido segundo em 2008.”

Hiroshi Aoyama:
“Estou contente com os resultados até ao momento e com a minha posição no Campeonato. Fiz bons progressos e estou a adaptar-me cada vez mais ao MotoGP graças também ao brilhante trabalho que está a ser feito pela equipa e à grande relação que estamos a construir. O teste depois da corrida, no Estoril, foi positivo e recolhemos boas informações para o futuro. Agora vamos para Le Mans certos que podemos continuar neste caminho. A pista não é das minhas preferidas e não consegui bons resultados lá no passado, mas estou certo que posso mudar isso neste fim-de-semana.”

Tags:
MotoGP, 2011, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, Marco Simoncelli, Hiroshi Aoyama, San Carlo Honda Gresini

Outras actualizações que o podem interessar ›