Compra de bilhetes
VideoPass purchase

De Puniet muito motivado para ronda em casa

De Puniet muito motivado para ronda em casa

O piloto da Pramac Racing está pronto para dar tudo perante o público caseiro em Le Mans depois de ter tido mais tempo para recuperar do joelho após o Estoril. O companheiro de equipa Loris Capirossi acredita que o problema com a frente da Desmosedici está resolvido.

Randy de Puniet ruma a casa, a Le Mans, para o Monster Energy Grand Prix de France deste fim-de-semana e quer reiniciar a campanha de 2011, isto depois de difícil arranque de temporada. O piloto da Pramac Racing somou os primeiros pontos da temporada no Estoril, mas lutou com problemas físicos depois de ter retirado os parafusos do joelho antes do GP de Portugal.

De fora do Teste Oficial de MotoGP que se seguiu à prova do Estoril, De Puniet teve algum do muito necessário tempo de recuperação e antes da corrida em casa disse: “Estava muito preocupado com o meu joelho depois da corrida no Estoril. Quando saí da moto receei logo o pior. Pensei que podia ter lesionado os ligamentos durante a corrida, mas felizmente o médico colocou essa possibilidade de lado.”

De Puniet acrescentou: “Precisa de descanso, mas tive uns dias para relaxar. O problema teve a ver com a circulação sanguínea à volta da ferida depois de ter retirado os parafusos.”

O melhor resultado do piloto de 30 anos na categoria rainha em Le Mans é um sétimo lugar, ao que se juntam quatro pódios nas 250cc. “Estou calmo e contente por correr perante os meus fãs, em casa. Não consegui testar a moto como todos os outros no Estoril, mas espero ter a mesma abordagem à moto que aquela que tive no Qatar e em Jerez.”

O companheiro de equipa Loris Capirossi fez sólidos progressos no teste do Estoril e espera que os avanços conseguidos possam dar frutos neste fim-de-semana.

“O teste depois da corrida do Estoril mostrou que estamos a progredir com a moto,” disse o italiano. “O problema com a frente parece estar resolvido, bem como alguns outros aspectos mais pequenos. É certo que a moto não está perfeita, mas o trabalho efectuado deixa-nos optimistas para o futuro.”

Ele continuou: “Queremos continuar a mostrar a nossa capacidade e esperamos ser capazes de o fazer. Como disse após a última corrida, estamos apenas a começar. Temos muito tempo para fazer uma boa moto. Tudo depende de nós e estamos confiantes.”

Tags:
MotoGP, 2011, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, Randy de Puniet, Loris Capirossi, Pramac Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›