Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Terol continua na frente em Le Mans

Terol continua na frente em Le Mans

O actual líder do Campeonato Nicolas Terol (Aspar) assinou a melhor marca da segunda sessão de treinos livres do dia com vista ao Monster Energy Grand Prix de France deste fim-de-semana. O compatriota Efrén Vázquez (Avant-AirAsia-Ajo) foi segundo, à frente de Sandro Cortese (Intact Racing Team Germany). Miguel Oliveira (Team Andalucía Banca Cívica) foi 11º, melhorando o registo da manhã.

O tempo de 1m43,788s do piloto da Bankia Aspar foi quase meio segundo mais lesto que o registo que tinha assinado em FP1. Terol foi segundo na pista gaulesa no ano passado depois de ter assinado a primeira pole da carreira e vai tentar assegurar o quarto triunfo da temporada. Efrén Vázquez (Avant-AirAsia-Ajo), quarto em 2010 em Le Mans, sofreu aparatosa queda na sua última volta e teve a sorte de voltar para as boxes ileso, de todas as formas terminou o treino em segundo, a pouco mais de 0,5s do compatriota.

 

Com temperaturas mais elevadas em FP2, e depois de uma manhã muito fresca, foi Cortese quem se destacou entre os pilotos alemães. O jovem de 21 anos, que foi sexto no ano passado (o seu melhor resultado na pista), seguiu-se na tabela de tempos com o quarto lugar a ficar a cargo de Héctor Faubel (Bankia Aspar) com mais meio segundo de diferença. Já Jonas Folger (Red Bull Ajo Motorsport) teve problemas com a moto no início da sessão que levaram a perda de tempo de pista precioso, mesmo assim logrou a quinta marca da tarde.

 

Em sexto ficou Luis Salom (RW Racing GP), com Maverick Viñales (Blusens by Paris Hilton Racing Team) a ser o melhor estreante com o sétimo tempo, à frente de Johann Zarco (Avant-AirAsia-Ajo), que nunca tinha conseguido um pódio na carreira até terminar entre os três primeiros nas duas últimas provas.

 

Alberto Moncayo (Team Andalucía Banca Cívica) registou a nona marca, com Adrián Martín, terceiro piloto da Bankia Aspar, a fechar a lista dos dez primeiro. Enquanto isso, o luso Miguel Oliveira (Team Andalucía Banca Cívica) melhorou a sua marca em 2,3 segundos para terminar a sessão com o 11º tempo.

 

Marcel Schrötter (Mahindra Racing) foi o protagonista de queda; o jovem sofreu uma escorregadela na Curva 8, acabando na gravilha, não conseguindo voltar ao trabalho já que a categoria de 125cc permite apenas uma moto por piloto.

 

Já Danny Webb (Mahindra Racing) viu a sua moto sobre-aquecer, o que o obrigou a estar parado durante grande parte do treino. Webb voltou à pista nos últimos cinco minutos, mas sofreu queda na altura em que a sua moto começou a deitar fumo.

Tags:
125cc, 2011, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›