Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Terol continua a dominar e assegura pole em França

Terol continua a dominar e assegura pole em França

Os pilotos da Bankia Aspar Nicolas Terol e Héctor Faubel vão liderar uma linha da frente totalmente espanhola do Monster Energy Grand Prix de France, com Maverick Viñales (Blusens by Paris Hilton Racing Team) em terceiro.

A volta mais rápida de Terol em 1m43,578s foi quase quatro décimas melhor do que a do seu companheiro de equipa e esteve perto de bater o recorde da pole de Sergio Gadea. O espanhol está preparado para arrancar para o seu 100º Grande Prémio no domingo, naquela que será a sua quarta pole da carreira nas 125cc e a terceira da temporada de 2011, depois de um início perfeito com três vitórias.

Com o vento a aparecer na sessão de qualificação, a temperatura também esteve mais amena do que na sexta-feira. Faubel, que não chega à pole desde 2007 na Malásia, terá de se contentar com a segunda posição, atrás de Terol. O piloto de 16 anos Viñales fez uma sessão impressionante e também irá partir da linha da frente para a corrida de Le Mans, naquele que é o seu melhor resultado de qualificação nesta época de estreia. Até agora, o seu melhor resultado era o nono lugar do Qatar, tendo ficado hoje a 0,737s do tempo de Terol.

Sandro Cortese (Intact Racing Team Germany), que nas primeiras três corridas de Grande Prémio do ano partiu sempre em primeiro ou segundo, não repetir o feito em França. O piloto alemão teve dois momentos mais complicados na sessão, com o último a custar-lhe a hipótese de partir da linha da frente, depois de ter ido à gravilha quando faltavam apenas três minutos para o final da qualificação. Cortese irá assim partir da segunda linha, à frente do seu compatriota Jonas Folger (Red Bull Ajo Motorsport), que ficou com o quinto tempo, e de Johann Zarco (Avant-AirAsia-Ajo) que se apresentou com um novo fato e novos desenhos no capacete e irá sair da sexta posição.

A terceira linha também será totalmente espanhola, com o piloto de 18 anos Adrián Martín (Bankia Aspar) a assinar o sua melhor qualificação da carreira na categoria de 125cc. Sergio Gadea (Blusens by Paris Hilton Racing Team) que já partiu por duas vezes da pole em corridas de 125cc foi oitavo, a 1,177s do tempo de Terol e à frente de Efrén Vázquez (Avant-AirAsia-Ajo), que irá partir do nono lugar. Luis Salom (RW Racing GP), piloto de 19 anos natural de Palma, assegurou o último lugar do Top 10.

O piloto britânico melhor classificado foi Danny Kent (Red Bull Ajo Motorsport), que irá partir de 18º. Danny Webb (Mahindra Racing) teve uma sessão complicada, com problemas na mota que o impediram de conseguir melhor do que a 20ª posição. Taylor Mackenzie (Phonica Racing), que ficou de fora da última corrida no Estoril para não agravar uma lesão, ficou no 26º lugar, alguns lugares atrás de Harry Stafford (Ongetta-Centro Seta), que partirá da 22a posição.

Alberto Moncayo (Team Andalucía Banca Cívica) teve de interromper abruptamente a sessão de qualificação, depois da sua Aprillia ter começado a deitar fundo da traseira devido a problemas mecânicos. Como apenas existe uma mota por piloto, o espanhol não pode melhorar o seu tempo.

Tags:
125cc, 2011, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›