Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Conferência de impressa da Catalunha marca início de quinta Jornada

Conferência de impressa da Catalunha marca início de quinta Jornada

Ben Spies, Casey Stoner, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi e Toni Elías responderam às questões da imprensa presente no Gran Premi Aperol de Catalunya nesta quinta-feira.

A conferência de imprensa oficial do Gran Premi Aperol de Catalunya teve lugar esta quinta-feira no circuito de Montmeló com o crescendo das emoções que antecedem a quinta Jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP.

A corrida marca o início de um período de seis provas em oito semanas para a categoria rainha e o actual líder do Campeonato e Campeão em título, Jorge Loreenzo, espera capitalizar a "vantagem caseira" depois de no ano passado ter ganho desde a pole.

“Este Grande Prémio, para mim, é o mais próximo de casa e vivo em Barcelona, pelo que me sinto em casa, o que é muito importante," disse Lorenzo. "Le Mans foi muito duro. Não tínhamos grande afinação, mas demos tudo. Estamos a trabalhar para melhorar a moto, potência e afinação. Penso que serei capaz, só é preciso tempo e paciência e vamos continuar a tara algar arduamente."

O espanhol espera que o circuito seja mais hospitaleiro para a sua M1 da Factory Yamaha Racing. “Não há muitas curvas lentas, prefiro as rápidas onde posso usar a minha velocidade em cwurva. Esta deverá ser uma pista melhor para mim.”

Lorenzo também o público, que não verá Dani Pedrosa em acção devido a lesão, a não fazer Marco Simoncelli passar um mau bocado depois de tudo o que se passou em Le Mans. "Falámos muito sobre este asunto. O público tem de estar tranquilo no domingo, é a minha opinião. Penso que o Simoncelli compreende o que tem de fazer no futuro. Todos esperamos que o Dani regresse o mais depressa possível porque é um dos principais pilotos."

Casey Stoner vai defender as cores da Repsol Honda ao lado de Andrea Dovizioso e sem Pedrosa, mas o australiano está a debater-se com o que parece ser uma gripe contraída no intervalo entre as duas corridas.

“It’s always nice to have a small break,” said Stoner, who has been on the podium for the past four seasons here. “I’m not feeling the best at the moment but you’re always more enthusiastic after a break. We had a great weekend at Le Mans and I really enjoy this circuit, and I think the Honda will go well here.”

Stoner, que venceu em França, reconhece a importância do período que tem pela frente. "Muita coisa pode acontecer nesta fase. Todos os pilotos são profuso mais e sabem lidar com isto. Estão todos com bom nível físico. Penso que agora já passámos pela maioria das pistas em que tive problemas, estivemos muito competitivos em Jerez e Le Mans.”

Acrescentando uma palavra sobre Pedrosa, disse: "Ele é um piloto muito rápido e esperava que estivesse aqui, mas vai falhar este fim-de-semana e temos de esperar para vem em Silverstone. Falhar uma corrida é mau, mas duas é muito.”

Valentino Rossi, da Ducati, falhou a prova do ano passado devido a lesão, mas antes disso somou 13 pódios consecutivos na pista catalã. "Este é um dos meus circuitos preferidos," confirmou o italiano. "No ano passado vi a corrida de casa, pelo que é muito bom estar de volta. Este ano todas as pistas são uma outra história e esta tem um grande traçado e muitas oportunidades de ultrapassagem.”

Rossi wcontinuou: “Agora iniciamos um 'momento quente' do Campeonato, mas também muito longo. Temos de ter cuidado, são seis corridas em oito semanas e são todas em grandes pistas. É uma parte importante do Campeonato.”

Ben Spies terminou em sexto no ano de estreia na pista, mas teve difícil inaício de época em 2011. O americano espera fazer arrancar a sua temporada com forte resultado neste fim-de-semana.

“Queremos voltar a ter confiança e temos de fazer como se fosse um novo Caeonato. Acredito n equipa e assim que voltarmos a ter a confiança em alta estarei bem. Não perdemos a confiança, só a deixarmos baixar um pouco. Gosto da pista e só tenho de manter seguro e andar em frente.”

O catalão Toni Elias vai estar determinado a dar ao público da casa motivos para festejar. O piloto da LCR Honda está a ter difícil regresso à categoria rainha e o Campeão do Mundo de Moto2 espera receber novo chassis para a RC212V neste fim-de-de semana, o que deverá fazer diferença.

“Depois de ganhar o título de Moto2 no ano passado esperava um regresso diferente ao MotoGP neste ano. Vamos continuar a trabalhar, a dar o máximo e a motivação ainda é boa. Vamos ter novo quadro aqui e espero que me dê algo de melhor e que possamos dar um passo em frente.”

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMI APEROL DE CATALUNYA

Outras actualizações que o podem interessar ›