Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bradl reclama quinta pole consecutiva em Barcelona

Bradl reclama quinta pole consecutiva em Barcelona

O líder do Campeonato Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) assinou a pole para o Gran Premi Aperol de Catalunya deste fim-de-semana. Aleix Espargaró (Pons HP 40) e Yuki Takahashi (Gresini Racing) juntam-se ao alemão na primeira linha da grelha para a corrida de amanhã.

O germânico Bradl assinou a melhor volta com 1m46,753s, o que faz dele o único piloto de Moto2 a assinar cinco poles consecutivas até ao momento em 2011. O jovem da Viessmann Kiefer Racing terminou com uma vantagem de 0,114s sobre Aleix Espargaró, que liderou boa parte da sessão e acabou por terminar no segundo posto com uma margem de 0,225s para o terceiro posto garantido por Yuki Takahashi.

As nuvens escuras ameaçaram a qualificação, mas esta manteve-se seca até aos último 18 minutos de trabalho, altura em que começaram a cair alguns pingos. Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) falhou a primeira linha da grelha e vai partir de quarto, com Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) a levar a sua Suter ao quinto posto da grelha com um crono de 1m47,154s, enquanto Bradley Smith (Tech 3) fechou a segunda linha. Smith, que esteve nos três primeiros ontem sofreu queda que o obrigou a ficar de fora nos últimos 20 minutos da qualificação, mas que não o impedirá de alinhar na corrida, pois saiu ileso do contratempo.

Mika Kallio (Marc VDS Racing), cuja melhor posição na grelha este ano era um 14º, vai partir para a corrida da Catalunha da sétima posição. Já o actual segundo classificado do Campeonato, Julián Simón (Mapfre Aspar), arranca para o GP do oitavo posto, logo seguido de Esteve Rabat (Blusens-STX), também ele a conseguir a melhor qualificação do ano até ao momento.

Jules Cluzel (Forward Racing) lidera a quarta linha da grelha de partida, a meros 0,030s do nono lugar. O gaulês é seguido por Scott Redding (Marc VDS Racing) e Dominique Aegerter (Technomag-CIP), em 12º.

Simone Corsi (Ioda Racing Project), que foi o mais lesto de ontem e parecia em boa forma para terminar a qualificação entre os três primeiros, sofreu queda na Curva 9, vendo-se, em consequência, obrigado a partir de 15º.

O homem da pole da categoria intermédia do ano passado e detentor do recorde do circuito de Moto2, Andrea Iannone (Speed Master), também foi ao chão, na segunda volta da sessão, e só conseguiu regressar ao trabalho nos últimos dois minutos da qualificação. Ainda assim, o italiano assinou o 22º posto da grelha no final do treino.

Tags:
Moto2, 2011, GRAN PREMI APEROL DE CATALUNYA, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›