Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo mantém pequena margem antes de Silverstone

Lorenzo mantém pequena margem antes de Silverstone

Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing) lidera o Campeonato de MotoGP na chegada da categoria rainha à sexta ronda de 2011, o AirAsia British Grand Prix.

A batalha continua com o chegada da época a Silverstone, com Lorenzo a liderar o Campeonato depois de ter visto Casey Stoner (Repsol Honda) reduzir o atraso para sete pontos após a corrida de Barcelona, na semana passado. Mas Lorenzo está pronto; ele gosta de Silverstone e dominou os procedimentos no ano passado com a conquista da pole, volta mais rápida e vitória.

Stoner tem estado em boa forma, vencendo as duas últimas corridas da temporada. Se Stoner vencer em Silverstone torna-se no primeiro piloto Honda a vencer três corridas de MotoGP consecutivas desde Valentino Rossi, em 2003. O australiano também vai levar a cabo o 150º Grande Prémio da carreira.

Andrea Dovizioso (Repsol Honda) terminou no pódio no ano passado em Silverstone e está pronto para disparar para mais um resultado nos três primeiros no circuito inglês, um dos que gosta e onde se sente confiante. O italiano está em terceiro no Campeonato.

Valentino Rossi (Ducati Team) falhou o GP de Inglaterra do ano passado devido às lesões contraídas na queda de Mugello. Ele tem estado entre os sete primeiros em todas as provas desde que regressou à acção no GP da Alemanha do ano passado. O companheiro de equipa de Rossi, Nicky Hayden, foi quarto em 2010 em Silverstone, isto numa prova em que se qualificou e terminou um furo à frente do então companheiro de equipa Casey Stoner.

O estreante de MotoGP Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) está empolgado para a corrida em casa, isto depois de ter assinado o melhor resultado até ao momento com o sétimo posto em Montmeló, no domingo. Crutchlow fez a dobradinha desde a pole na ronda de Superbikes do ano passado em Silverstone. O resultado que conseguiu em Barcelona foi o melhor por parte de um britânico no MotoGP desde que James Toseland foi sexto em Indianápolis, em 2009.

Ben Spies (Yamaha Factory Racing) foi terceiro em Silverstone no ano passado, o seu primeiro pódio em Grandes Prémios, depois de ter batido Nicky Hayden na última volta. O texano terminou na mesma posição na Catalunha no passado fim-de-semana, o seu primeiro pódio desde Indianápolis no ano passado e está actualmente em sétimo no Campeonato.

Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini Team) vai para a ronda britânica confiante depois de ter assinado a pole em Barcelona, isto apesar de não ter sido capaz de converter o resultado da qualificação na primeira vitória de MotoGP, terminando em sexto. A sua pole na Catalunha foi a primeira por parte de um piloto Honda que não faz parte da formação oficial desde que Casey Stoner foi o melhor da qualificação do Qatar em 2006. Simoncelli terminou em sétimo no passado em Silverstone, na altura o seu melhor resultado na categoria rainha.

Randy de Puniet (Pramac Racing Team) fez boa demonstração em Silverstone em 2010 quando se qualificou em segundo da grelha. Durante a corrida chegou a ser terceiro a quarto voltas do fim, altura após a qual sofreu problemas com o pneu frontal e caiu para sexto.

Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) correu na Moto2 em Silverstone, no ano passado, apesar de ter caído na última volta. Ele somou pontos em quatro das cinco corridas de MotoGP já disputadas, incluindo três resultados nos dez primeiros.

Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) está pronto para regressar às corridas em Silverstone depois da Catalunha ter sido o primeiro GP que falhou desde que entrou para o MotoGP em 2003; tudo em consequência de uma queda em FP2 da qual resultou uma fractura na clavícula. Edwards qualificou-se em décimo e terminou em nono no ano passado em Silverstone.

Hiroshi Aoyama, da San Carlo Honda Gresini Team, espera redefinir o circuito de Silverstone para si depois de no passado ter sofrido feia queda no warm up que resultou em fractura na coluna vertebral e que o deixou fora de acção durante cinco corridas.

Dani Pedrosa, da Repsol Honda, não vai alinhar no GP de Inglaterra para continuar a recuperar da fractura na clavícula direita contraída na corrida de Le Mans.

Tags:
MotoGP, 2011, AIRASIA BRITISH GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›