Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bradl soma quarta vitória da época

Bradl soma quarta vitória da época

Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) dominou a corrida de Moto2 do AirAsia British Grand Prix, com o britânico Bradley Smith (Tech 3) a cruzar a meta molhada em segundo e Michele Pirro (Gresini Racing Moto2) em terceiro.

O líder do Campeonato Stefan Bradl liderou desde o início da molhada e fria corrida de 18 voltas da Moto2 em Silverstone. O homem do segundo posto da grelha Scott Redding (Marc VDS Racing) desafiou o germânico, passando por ele para assumir a primeira posição, mas foi Bradl que cruzou a meta no topo do pelotão depois de lidar muito com as condições precárias da pista, que foram piorando de forma gradual ao longo da corrida.

Smith fez partida fantástica, disparando para 13º na primeira volta após ter partido de 28º. Ele progrediu de forma gradual ao longo do pelotão, chegando mesmo a lutar com o compatriota Scott Redding (Marc VDS Racing), para assinar o segundo posto do pódio, o sua estreia nos três primeiros este ano. Redding acabou por cruzar a meta em quinto.

Mattia Pasini (Ioda Racing Project), que parecia a caminho da primeira vitória na Moto2, perseguiu os homens da frente desde o início da corrida, registando algumas das voltas mais rápidas pelo caminho. O italiano passou Bradl para se colocar na frente da corrida na quinta volta e não demorou a isolar-se. Contudo, uma queda na sexta volta deixou-o fora de prova.

Michele Pirro veio de sexto da grelha para o terceiro lugar do pódio, o que o fez salta para o décimo posto da geral. O quarto lugar foi da responsabilidade de Jules Cluzel (NGM Forward Racing), que terminou na mesma posição em que partiu. O sexto a cruzar a linha de meta foi Esteve Rabat (Blusens-STX), seguido de Yuki Takahashi (Gresini Racing) e Kenan Sofuoglu (Technomag-CIP), que chegou a ocupar a segunda posição até sofrer saída de pista na 11ª volta.

Yonny Hernández (Blusens-STX), após a queda no warm up, logrou terminar a corrida em nono, à frente de Simone Corsi (Ioda Racing Project), que teve de ir às boxes devido a um problema, mas conseguiu voltar à acção para fechar a lista dos dez primeiros.

O homem da pole, Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol), sofreu queda na sexta volta depois de ter apresentado uma fraca partida.

As condições difíceis, e a água parada na pista, provocaram mais baixas, incluindo Alex de Angelis (JiR Moto2), que foi ao chão nos momentos iniciais da corrida, Mika Kallio (Marc VDS Racing), Axel Pons (Pons HP 40), na primeira volta, e Raffaele De Rosa (SAG Team) na nona.

Anthony West (MZ Racing), que chegou a rodar em 16º após ter partido de 36º, e Kenny Noyes (Avintia-STX) desistiram.

Tags:
Moto2, 2011, AIRASIA BRITISH GRAND PRIX, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›