Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo e Spies caiem em Silverstone

Lorenzo e Spies caiem em Silverstone

O AirAsia British Grand Prix, em Silverstone, teve fim antecipado para os pilotos da Yamaha Factory numa corrida disputada em condições traiçoeiras.

O Campeão do Mundo Jorge Lorenzo e o companheiro de equipa Ben Spies passaram o fim-de-semana a construir boa afinação para a corrida e qualificaram-se bem no seco para partirem de terceiro e quarto da grelha, respectivamente.

Lorenzo fez boa partida, assumindo a primeira posição, mas depressa cedeu a Casey Stoner. Com a chuva forte a deixar o circuito de Silverstone ensopado, o maiorquino começou a reduzir a diferença para a frente quando foi cuspido da moto depois de entrar demasiado depressa numa curva. A sua M1 ficou demasiado danificada para poder continuar.

Spies também foi vítimas das condições adversas. Caindo inicialmente para quinto, acabou depois por ir ao chão à entrada para a Curva 1, atravessando toda a gravilha e batendo no muro. O americano foi levado de imediato para o centro médico para exames às costas e pescoço e, felizmente, não viu nenhuma lesão ser-lhe diagnosticada.

Jorge Lorenzo:
"Sinto-me desapontado porque a queda foi erro meu. É uma pena para a equipa porque fizeram um bom trabalho durante todo o fim-de-semana e também para o meu clube de fãs, que veio aqui para me apoiar. Estava a rodar com confiança, mas tinha de esperar o meu momento para passar o Andrea. Penso que podia ter lutado pela vitória com o Casey. Não estava preocupado por o Simoncelli me estar a apanhar; estava preocupado porque o Casey iria fugir se não passasse o Andrea... Depois caí! Antes o Casey estava a perseguir-me com tudo o que tinha, agora a situação inverteu-se. Agora tenho de lutar pela vitória em Assen! Quero dar os parabéns ao Colin; foi um bom fim-de-semana para ele. Foi totalmente merecido depois da semana passada.”

Ben Spies:
“Estou muito desapontado por ter terminado desta forma depois de termos trabalhado tanto para estarmos prontos para a corrida. Foi um fim-de-semana complicado para todos com as mudanças de tempo, mas estávamos preparados para correr com um bom conjunto. A pista estava mesmo molhada, quando travei à entrada para a Curva 1 a frente fugiu e bati no muro sem que desse conta. Bati com força com as costas, o meu protector está muito amassado, mas fez o trabalho dele. Estou mesmo dorido e talvez precise de uma grande almofada durante os próximos dias, mas estou contente por não ser pior. Vou tirar uns dias para descansar e recuperar e depois voltarei à luta em Assen.”

Tags:
MotoGP, 2011, AIRASIA BRITISH GRAND PRIX, Jorge Lorenzo, Ben Spies, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›