Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa em dúvida, Aoyama no lugar do espanhol

Pedrosa em dúvida, Aoyama no lugar do espanhol

O nipónico vai ser chamado pela Repsol Honda para substituir o espanhol, que continua a recuperar da fractura à clavícula e que está em dúvida para o Iveco TT Assen deste fim-de-semana.

A Repsol Honda Team rima à Holanda para alinhar no Dutch TT, sétima ronda do Campeonato do Mundo de MotoGP, com Casey Stoner na frente da classificação, Andrea Dovizioso em terceiro e Dani Pedrosa – agora quinto depois de ter falhado as duas últimas jornadas – a trabalhar arduamente para regressar à acção o mais depressa possível depois de nova operação na quinta-feira passada.

Infelizmente, parece que a Repsol Honda vai ter pela frente mais um GP sem Pedrosa. O espanhol ainda está a recuperar da operação na passada quinta-feira para reparar um fragmento de osso na clavícula direita que se moveu durante a reabilitação. Pedrosa, que confirmou o regresso aos comandos da RC212V em Mugello, a 3 de Julho, sente-se melhor a cada dia que passa, mas de momento é quase garantido que não vai alinhar em Assen.

Se, como parece ser mais provável, Pedrosa não correr em Assen será substituído na Repsol Honda por Hiroshi Aoyama, com o piloto de testes da HRC Kousuke Akiyoshi a entrar para o lugar do nipónica na San Carlo Honda Gresini Team. A HRC fica muito contente por ter Aoyama aos comandos da RC212V de fábrica em Assen e agradece à Gresini Racing pela sua cooperação.

Dani Pedrosa:
“Já passaram alguns dias desde a operação e sinto-me muito melhor. Não sinto as dores que tinha antes da operação e a evolução foi muito boa. Já comecei a reabilitação e estou muito optimista. Noto melhorias todos os dias e isto é muito bom porque quero mesmo voltar à moto o mais depressa possível. Para ser franco, vai-me ser muito difícil estar em Assen, mas acredito que estarei bem para Mugello, pelo que estou concentrado em trabalhar para melhorar todos os dias e ver até onde posso chegar. Quero voltar o mais depressa possível, mas quero fazer as coisas como deve ser.”

Tags:
MotoGP, 2011, IVECO TT ASSEN, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›