Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Histórico Assen espera Edwards e Crutchlow

Histórico Assen espera Edwards e Crutchlow

A Monster Yamaha Tech 3 Team reata o período mais atarefado do calendário do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2011 com a visita ao mundialmente famoso circuito de Assen, na Holanda, este fim-de-semana.

O americano Colin Edwards ruma a uma das suas pistas preferidas com elevado nível de confiança depois de ter ultrapassado a horríveis condições de Silverstone e as dores da lesão para reclamar o pódio.

O feito do piloto de 37 anos foi ainda mais impressionante quando se tem em conta que apenas nove dias tinha partido a clavícula direita numa queda durante os treinos para a Catalunha. Edwards conseguiu descansar e recuperar em casa, no Texas, recuperando força no tronco enquanto se preparava para mais um fim-de-semana exigente. Ele espera estar em muito melhor forma que em Silverstone, mas ainda não está totalmente recuperado por causa dos danos no músculo à volta das costelas direitas.

Cal Crutchlow tem trabalhado de forma incansável para estar apto para acção deste fim-de-semana. O britânico tem mostrado coragem e determinação para voltar aos comandos da máquina da Monster Yamaha Tech 3 menos de duas semanas depois de ter fracturado a clavícula esquerda em forte queda na qualificação para a corrida em casa, em Silverstone.

Desde que deixou o Royal Derby Hospital na quarta-feira passada após operação bem sucedida à clavícula (partida em cinco sítios), o piloto de 25 anos trabalhou contra-relógio para sarar o ombro o mais depressa possível. Crutchlow vai alinhar nos livres de quinta-feira e está determinado a correr na sétima jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2011.

Colin Edwards:
“Estou mesmo desejoso por Assen porque adoro a pista. Não é o velho Assen de há uns anos, mas ainda há muitas secções da pista que são impressionantes numa máquina de MotoGP. É justo dizer que temos história em Assen. Consegui pódios em 2005 e 2008, mas não me recordem o que se passou em 2006. Não podia estar mais confiante para Assen que agora. O resultado de Silverstone foi fantástico para toda a Monster Yamaha Tech 3 Team. Foi muito motivador para todos e muito bom logo depois da lesão na clavícula. Tive muito tempo para descansar e relaxar com a família, em casa, e ombro só ficou mais forte. Estava como o novo circuito de Silverstone, pelo que não estou nada preocupado com isso. A meu lado direito ainda me provoca dores porque separei os músculos das costelas, pelo que espero algum desconforto. A lesão nas costelas melhorou, mas ainda não creio que esteja ao máximo da força. Vou em busca de mais um grande resultado em Assen para dar continuidade ao momento de Silverstone.”

Cal Crutchlow:
"Assen é outra pista que conheço do Mundial de Superbikes, mas vou ter de ver como se porta o meu ombro na moto e trabalhar a partir daí. É o 50º aniversário da Yamaha e vou dar o melhor para os apoiar."

Comunicado de imprensa Monster Yamaha Tech 3

Tags:
MotoGP, 2011, IVECO TT ASSEN, Cal Crutchlow, Colin Edwards, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›