Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bradl inicia ataque de Assen

Bradl inicia ataque de Assen

O actual líder da classe de Moto2, Stefan Bradl marcou o ritmo na categoria intermédia numa sessão de FP1 encurtada devido à chuva que se fez sentir em Assen e derrame de óleo.

O piloto da Viessmann Kiefer Racing, Bradl, abriu as hostilidades na primeira sessão de livres de Moto2 no Iveco TT Assen aos comandos da sua Kalex para assumir a liderança da tabela de tempos com uma marca de 1m54,435s no histórico traçado holandês. Kenan Sofuoglu (Technomag-CIP) foi o segundo mais lesto, a menos de três décimos do germânico com Simone Corsi (Ioda Racing Project), actual segundo no Campeonato, a assinar o terceiro tempo no molhado.

Yuki Takahashi (Gresini Racing), terceiro da geral, ficou a 0,83s de Bradl, em quarto. O vencedor da corrida do ano passado Andrea Iannone (Speed Master) liderou durante o início da sessão, mas caiu ainda durante os primeiros 15 minutos. Contudo, as voltas do italiano foram suficientemente rápidas para garantir o quinto posto, com Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2), Mika Kallio (Marc VDS Racing), Ratthapark Wilairot (Thai Honda Singha-SAG), Pol Espargaró (HP Tuenti Speed Up) – que caiu antes do final da sessão – e o americano Kenny Noyes (Avintia-STX) foram os outros nomes dos dez primeiros.

As condições climatéricas adversas afectaram mais alguns pilotos, com uma sequência de acidentes a obrigar à apresentação da bandeira vermelha e, mais tarde, ao cancelamento da sessão, a quatro minutos do final, devido a óleo em pista. Mas não sem que antes Elena Rosell, substituta de Julián Simón na Mapfre Aspar, sofresse duas quedas, enquanto Axel Pons (Pons HP 40), Javier Forés (Mapfre Aspar) and Ricky Cardús (QMMF Racing Team), entre outros, também foram ao chão em várias curvas.

Tags:
Moto2, 2011, IVECO TT ASSEN, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›