Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo e Simoncelli comentam incidente da primeira volta

Lorenzo e Simoncelli comentam incidente da primeira volta

Jorge Lorenzo expressou a sua frustração com o acidente com Marco Simoncelli na primeira volta do Iveco TT Assen, prova onde o espanhol recuperou do final do pelotão para levar a Yamaha M1 ao sexto posto e o italiano terminou em nono.

Jorge Lorenzo mostrou a sua ira para com Marco Simoncelli após o Iveco TT Assen nesta sábado, prova onde a queda do italiano na primeira volta acabou por levar consigo o Campeão do Mundo. Ambos conseguiram voltar à prova com as suas montadas, com Lorenzo a terminar em sexto e Simoncelli em nono, mas a frustração do piloto da Yamaha Factory Racing no final da corrida era evidente.

“Viram na TV o que aconteceu na primeira volta. É claro que ele não quer pôr-me fora da corrida, não é a intenção dele, mas penso que o problema é ele não ter muita consciência dos riscos desta categoria, com esta moto e estes pneus,” disse Lorenzo, que foi ao chão quando, devido a pneus frios, Marco Simoncelli perdeu o controlo da sua San Carlo Honda Gresini após a ultrapassagem.

“Pensei que ele tivesse aprendido com o passado, com a controvérsia que causou, como o que aconteceu com o Dani (Pedrosa), mas é claro que não aprendeu nada até agora. Espero que aprenda no futuro, mas neste momento não tenho qualquer respeito por ele porque está a pôr os pilotos em risco.”

Olhando para o que houve de positivo, Lorenzo acrescentou: “O lado bom de tudo isto foi ter conseguido terminar em sexto, somar alguns pontos e ter rodado com bom ritmo, mas o Campeonato agora está muito complicado. Estamos muito longe do Stoner e temos de pensar em vencer corridas e ser rápidos. É o único objectivo para este ano. Estamos a fazer algumas alterações na moto e que estão a funcionar um pouco melhor. Esta manhã no warm up testámos nova carenagem e ganhámos alguma estabilidade na recta, o que é positivo, e esperamos estar mais competitivos em Mugello, como o Ben (Spies) esteve hoje.”

A versão de Simoncelli dos eventos levam o italiano a colocar as culpas no pneu Bridgestone frio. O piloto disse: “Tentei passar o Lorenzo na segunda curva e não sinto que tenha corrido riscos a mais, mas perdi a traseira devido ao pneu frio – sem acelerador – a meio da curva e caí. Levei o Lorenzo comigo e tenho pena por isso.”

Simoncelli partiu da pole e impressionou ao longo dos treinos. “O meu ritmo de corrida hoje era muito bom, como mostrei na qualificação e nos treinos, pelo que estou desapontado com o que aconteceu,” disse. “De todas as formas, agora temos de continuar a dar o nosso melhor em Mugello e tentar mudar a situação. Penso que é uma pista fantástica e gosto dela. Os fãs são fenomenais e há muito público italiano, pelo que estou desejoso por lá correr.”

Tags:
MotoGP, 2011, IVECO TT ASSEN, Jorge Lorenzo, Marco Simoncelli, San Carlo Honda Gresini, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›