Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati Team pronta para corrida caseira de Mugello

Ducati Team pronta para corrida caseira de Mugello

A Ducati Team tem curta viagem pela frente neste fim-de-semana até ao renovado circuito de Mugello, o primeiro de dois Grandes Prémios caseiros para a equipa neste domingo.

Valentino Rossi não vai contar com a companhia de Jeremy Burgess. O chefe de equipa teve de regressar à Austrália para estar com a mulher, que terá de ser submetida a uma série de exames médicos e possível intervenção de urgência. A equipa e os técnicos da Ducati desejam o melhor a Burgess e à sua família e esperam voltar a contar com ele na nona jornada em Sachsenring, na Alemanha, dentro de três semanas. Entretanto, o papel de chefe de equipa de Burgess será levado a cabo por Max Bartolini, que normalmente trabalha como Director Técnico na Ducati Team. Fabiano Sterlacchini desempenhará esse papel esta semana.

A Ducati agradece à Team Pramac, que sempre trabalhou em grande proximidade com o construtor, por disponibilizar Sterlacchini. Ele normalmente trabalha como Director Técnico e Engenheiro de Pista para o Loris Capirossi, que vai falhar o GP de Itália devido a lesão.

A pista de Mugello é uma das preferidas de Valentino, onde o italiano já venceu por nove vezes em várias classes. Nicky Hayden conquistou um pódio em Mugello, em 2006, e também gosta muito da pista. Como sempre, a equipa será apoiada por milhares de ducatisti, que vão demonstrar o seu apoio desde as duas bancadas da curva Correntaio.

Valentino Rossi:

“Primeiro quero desejar sorte ao Jeremy, que não poderá estar connosco neste fim-de-semana por importantes motivos pessoais. Vamos sentir muito a falta dele na boz, mas estamos ansiosos por voltar a estar com ele em Sachsenring. Entretanto, temos de tentar estar bem em Mugello. Rodámos lá com a GP12, mas porque a nossa moto é uma 800cc as respostas às afinações são um pouco diferentes e também está numa fase de desenvolvimento diferente. Vai ser muito importante encontrar rapidamente o caminha a seguir na afinação, como será importante melhorar em todas as sessões para nos qualificarmos em boa posição. A pista é uma das minhas preferidas e sempre me dei bem aqui. Não tenho qualquer problema com o regresso depois do acidente do ano passado porque gostei de correr aqui nos recentes testes, como gosto sempre. Espero que haja muito público e ser capaz de estar melhor que até agora porque é uma corrida muito importante.”

Nicky Hayden:

“Apesar de não estarmos no nosso melhor momento, Mugello vai ser especial para a equipa. Sei que os fãs vão lá estar para nos apoiarem, especialmente agora com um piloto italiano. Adoro a pista, apesar de não ter conseguido grandes resultados nela; é por isso que não estou a antever um fim-de-semana fácil. Sei que vou ter de começar o trabalho na sexta-feira. Há muita expectativa e deverá ser um fim-de-semana atarefado com tudo o que se vai passar. Estou ansioso.”

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Nicky Hayden, Valentino Rossi, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›