Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Mugello pronto para luta das 125cc

Mugello pronto para luta das 125cc

A vantagem do líder do Campeonato Nico Terol foi reduzida devido à sua ausência por lesão na corrida de Assen e agora é chegada a vez da competição rumar a Mugello para a oitava jornada de 2011. Miguel Oliveira regressa à acção após duas corridas de ausência devido a lesão.

O que parecia ser uma sempre crescente diferença entre Nico Terol e o resto do pelotão de 125cc foi reduzida de forma considerável nas duas últimas jornadas de 2011, depois do líder do Campeonato a ter terminado em oitavo em Silverstone e de ter falhado Assen devido a corrida. Após a Catalunha Terol contava com 48 pontos de margem no topo da classificação e agora conta apenas com 27.

Uma queda na qualificação de Assen resultou em danos num tendão da mão direita para Teol, uma lesão que obrigou a operação e forçou a ausência da corrida. A cirurgia bem sucedida faz com que o espanhol esteja de regresso à pista neste fim-de-semana em Mugello, onde a primeira sessão de treinos dará uma ideia mais clara quanto ao seu nível físico. Ele foi segundo nas corridas de 125cc em Mugello nos últimos dois anos.

Na sua ausência, o segundo classificado Jonas Folger (Red Bull Ajo Motorsport) não conseguiu capitalizar a oportunidade ao terminar a corrida encurtada de Assen em oitavo, com Sandro Cortese (Intact Racing Team Germany) e Johann Zarco (Avant-AirAsia-Ajo) agora empatados a 94 pontos depois de terem terminado em quarto e quinto, respectivamente, na Holanda.

Agora em quinto da geral após a vitória de Assen, o estreante Maverick Viñales continua a ser a sensação da categoria no ano de estreia. O piloto da Blusens by Paris Hilton Racing, com apenas 16 anos, somou a segunda vitória num GP em apenas sete corridas, tornando-se no mais jovem piloto de sempre a fazer o pleno de pole position, vitória e volta mais rápida.

Luis Salom (RW Racing) garantiu o primeiro pódio, ao cabo de 35 GPs, subindo na classificação geral, e Efrén Vázquez (Avant-AirAsia-Ajo) e Héctor Faubel (Bankia Aspar) vão dar tudo para dilatarem os solitários pódios conseguidos por cada um este ano. Sergio Gadea (Blusens by Paris Hilton Racing) subiu ao pódio de Moto2 na época passada e vai para esta ronda após um resultado nos três primeiros em Assen – o segundo da época. Enquanto isso, Danny Kent continua impressionante temporada de estreia pela Red Bull Ajo Motorsport.

O português Miguel Oliveira (Team Andalucía Banca Cívica) vai voltar à acção após ter falhado as duas últimas jornadas devido a lesão, enquanto o norueguês Sturla Fagerhaug continua a substituir o lesionado Sarath Kumar na WTR-Ten10 Racing Team. A prova contará também com a presença de três wild cards: a dupla italiana Kevin Calia (MGP Racing) e Massimo Parziani (Faenza Racing) e o jovem checo Miroslav Popov (Ellegi Racing).

Tags:
125cc, 2011, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM

Outras actualizações que o podem interessar ›