Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner voa em Mugello, Dovi quarto e Pedrosa oitavo

Stoner voa em Mugello, Dovi quarto e Pedrosa oitavo

As promessas de melhorias dos tempos por volta com o novo piso de Mugello foram cumpridas hoje com Casey Stoner ser o protagonista. O australiano da Repsol Honda assinou a melhor volta da história de Mugello com 1m48,034s e reclamou a 27 pole no MotoGP e quinta da época.

Stoner assinou a melhor volta a 24 minutos do final da qualificação, quando a chuva se começou a fazer sentir e estragou qualquer possibilidade de melhores tempos. Andrea Dovizioso melhorou as sensações com a RC212V e garantiu o quarto posto da grelha, enquanto Dani Pedrosa parte de oitavo depois de ter retirado 0,8s à sua melhor marca de ontem.

As previsões dão bom tempo para amanhã, mas ninguém acredita nos céus. Mesmo assim, Stoner vai estar em busca de mais um grande resultados e mais pontos para consolidar a liderança no Campeonato do Mundo. Andrea Dovizioso também vai fazer o melhor para voltar ao pódio, principalmente por estar a correr em casa, enquanto Dani Pedrosa, que sente muitas dores neste regresso às corridas, vai tentar fazer uma das suas notórias boas partidas para chegar ao grupo da frente o mais depressa possível.

Casey Stoner:
"Depois das sessões de ontem e também de FP3, esta manhã, não estávamos muito contentes com a afinação que tínhamos, pelo que estávamos a pensar usar toda a tarde de hoje. Contudo, fizemos algumas alterações na minha segunda volta, na qual fiz a minha melhor volta, e ficámos com uma moto fantástica. Estou claramente contente por ter conseguido a pole, especialmente com pneus usados. O início da qualificação não foi bom, havia alguma chuva e era difícil saber o quanto podia puxar, pelo que rodámos com pneus macios à frente e atrás para tentarmos um bom tempo antes da chegada da chuva. Assim que fui para a pista via que a chuva não afectou muito as condições, pelo que voltei à box e fiz uma alteração na segunda moto e voltei para a pista com um frontal duro, que nos deu um pouco mais de estabilidade e conseguimos ser muito mais rápidos. O piso está a funcionar de forma perfeita, mesmo em condições difíceis; desta vez fizemos a escolha certa na altura certa.”

Andrea Dovizioso:
“Estou mais ou menos satisfeito com o quarto posto depois da chuva ter criado condições de pista estranhas e estou contente com o ritmo de forma geral. Partir da segunda linha é bom nesta pista porque há uma longa recta antes da Curva 1. Fizemos algumas alterações para melhorar as sensações na frente da moto e, pelo que vi, foram positivas. Queria fazer mais voltas com o pneu duro para preparar a corrida porque nesta pista o pneu perde rendimento depressa, mas não foi possível. A corrida vai ser longa e fisicamente exigente e não será fácil manter o ritmo durante as 23 voltas, mas estamos prontos para este desafio e desejosos por lutarmos por um bom resultado. Julgo que os pilotos italianos vão dar bom espectáculo amanhã para o público de Mugello!"

Dani Pedrosa:
"Tive sorte porque a sessão tinha apenas 30 minutos quando a chuva chegou e isso é bom para a minha lesão. Fiz algumas boas voltas no início da sessão e estou impressionado com o meu tempo; o oitavo posto da grelha é muito bom tendo em conta o meu estado físico. Sei que a corrida será dura, mas vou dar o melhor. Vou tentar tudo durante as 23 voltas, 100% no meu estado, e veremos o que serei capaz de atingir. Esta manhã senti-me me melhor porque tive uma boa noite de descanso, mas o ombro fica mais dorido a cada volta que faço e esta tarde foi mais dura. Quero poupar energia durante o warm up, amanhã de manhã, para tentar dar resto na corrida."

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso, Casey Stoner, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›