Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sissis destaca-se na Red Bull MotoGP Rookies Cup em Mugello

Sissis destaca-se na Red Bull MotoGP Rookies Cup em Mugello

O jovem de 16 Arthur Sissis venceu a nona corrida da Red Bull MotoGP Rookies Cup da época em Mugello no sábado. Tomas Vavrous, de 18 anos, e Aaron España, de 13, foram segundo e terceiro respectivamente.

“A minha moto estava a funcionar muito bem e diverti-me, foi uma das melhores corridas que tivemos. O mais importante foi terminar à frente do Lorenzo, era o que tinha de fazer,” disse o vencedor Sissis.

 

A corrida começou com pista molhada e com os pilotos a rodarem com pneus de chuva. O italiano de 14 anos Baldassarri partiu de 11º, mas não demorou a chegar à luta pela liderança. Sissis largou da segunda linha e já estava na liderança na Curva 1. Ele não conseguiu desenvencilhar-se de Vavrous, España e Baldassarri, que o seguiram para abrirem vantagem para o resto do pelotão.

 

O quarteto trocou de posições em quase toas as curvas, mas a pista começou a secar rapidamente e os pneus a degradarem-se. Florian Alt atacou ao longo do pelotão levando consigo o espanhol de 16 anos Xavi Pinasch. Eles apanharam o grupo dos líderes e passaram então a ser seis a lutar pelo triunfo durante as últimas voltas.

 

España esteve sensacional na travagem no final da recta e nas direitas em subida no lado oposto do circuito. Ele assumiu a liderança várias vezes, mas não conseguiu mantê-la dado os outros pilotos terem aproveitado o seu cone de vento na recta.

 

A brilhante escala de Alt foi feita à custa dos pneus e nem ele, nem Pinasch conseguiram lutar pelo pódio na última volta. Incrivelmente, foram apanhados por Phillip Oettl, que assinou a melhor volta à 11ª das 13 voltas da corrida para assumir o quinto posto numa prestação sensacional tendo em conta a degradação dos pneus de chuva no seco.

 

Fora do pódio pela primeira vez em quatro corridas, Baldassarri explicou que a última curva lhe custou caro. “Pensei que tinha a possibilidade de ficar no pódio, mas à saída da esquerda estava mesmo atrás do Aaron e ele travou muito cedo. Tive de travar e o Tomas estava numa linha diferente e passou. Foi uma corrida divertida e não estive nada mal nas primeiras voltas, mas depois os pneus ficaram muito desgastados e não foi fácil.”

 

Baldassarri está agora a 17 pontos de Sissis, mas há ainda cinco corridas da Cup pela frente. A primeira destas tem lugar em Sachsenring dentro de duas semanas; trata-se de uma jornada dupla com corridas no sábado, 16 de Julho, e no domingo, 17.

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM

Outras actualizações que o podem interessar ›