Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Simoncelli e Aoyama apostados em progredir

Simoncelli e Aoyama apostados em progredir

Os pilotos da San Carlo Honda Gresini estão ansiosos por Sachsenring neste fim-de-semana.

Marco Simoncelli está a olhar para o quinto posto de Mugello como plataforma de lançamento para este fim-de-semana na Alemanha. O positivo, mas não totalmente satisfatório, GP caseiro deu ao piloto da San Carlo Honda Gresini acrescida confiança depois dos contratempos de Silverstone e Assen e agora ‘Super Sic’ está certo que pode confirmar o seu potencial de homem da frente no MotoGP. Simoncelli confirmou a boa forma com o segundo melhor tempo do teste pós corrida de Mugello, quando rodou a apenas 0,096s de Casey Stoner – sinal promissor antes da próxima corrida num circuito onde Simoncelli venceu nas 250cc em 2008 e 2009, enquanto no ano passado, na estreia na categoria rainha, terminou num positivo sexto lugar.

Hiroshi Aoyama regressou à equipa em Mugello após breve incursão com a RC212V de fábrica da Repsol Honda em Assen, e enquanto teve um fim-de-semana duro de recuperação de lesões contraídas em queda na Holanda, o nipónico teve teste positivo e está desejoso por Sachsenring.

Marco Simoncelli:
“Mugello foi claramente um fim-de-semana positivo, se bem que não fiquei totalmente satisfeito. Era importante chegar ao final da corrida sem dramas e esquecer definitivamente os contratempos de Silverstone e Assen. O teste de segunda-feira também foi positivo – testámos algumas soluções que nos podem ajudar a ultrapassar problemas que tivemos na corrida em Mugello, onde parecia estar a lutar mais que os outros com perda de aderência devido ao aumento da temperatura da pista. De forma geral a visita a Mugello deu-me confiança e motivação para a ronda alemã. Sachsenring é um circuito de que gosto muito, fui sempre rápido nesta pista nas 125cc e 250cc, cheguei mesmo a ganhar duas corridas de 250cc no traçado em 2008 e 2009. No ano passado fiz boa corrida de MotoGP, lutei pelo quinto posto. O objectivo é dar o máximo em conjunto com a equipa e tentar melhorar o resultado de Mugello.”





Hiroshi Aoyama:
“Depois da experiência de Assen com a RC212V de fábrica da Repsol Honda lutei um pouco para me sentir bem com a minha San Carlo Honda Gresini em Mugello. Para complicar as coisas, ainda estava com muito desconforto devido à queda na Holanda, mas regressei ao ritmo de forma gradual e com a ajuda e dedicação de todo o meu pessoal na equipa terminámos com resultado satisfatório. O teste que se seguiu foi muito mais positivo com vista a Sachsenring. Falhei a corrida do ano passado devido a lesão, pelo que tenho de regressar aos meus dias das 250cc para a minha última experiência na pista. Estive no pódio em 2005 e venci a corrida de 2007, mas a diferença entre as 250cc e o MotoGP é tão grande que se torna difícil prever que tipo de sensações vou ter com a moto nesta pista.”

Comunicado de imprensa San Carlo Honda Gresini

Tags:
MotoGP, 2011, eni MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, Marco Simoncelli, Hiroshi Aoyama, San Carlo Honda Gresini

Outras actualizações que o podem interessar ›