Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Luthi sobe ao topo de Moto2

Luthi sobe ao topo de Moto2

Thomas Luthi, da Interwetten Paddock Moto2 assumiu a liderança nos últimos minutos do segundo treino de Moto2 do eni Motorrad Grand Prix Deutschland. O tempo do suíço bateu Aleix Espargaró e Yuki Takahashi.

O pelotão de Moto2 está muito equilibrado depois da segunda sessão de livres com vista ao eni Grand Prix Deutschland, em Sachsenring. O suíço Thomas Luthi (Iterwetten Paddock Moto2) foi o mais rápido, baixando em quase um segundo o registo que tinha conseguido durante a manhã. Quem também melhorou muito foi Aleix Espargaró (Pons HP 40), que resolveu os problemas que o afectaram na primeira sessão de treinos e terminou a apenas dois milésimos de Luthi e com oito de margem sobre Takahashi (Gresini Moto2).

A quarta posição ficou a cargo de Scott Redding (Marc VDS), que superou Alex de Angelis (JiR Moto2). O italiano não conseguiu repetir a brilhante actuação da manhã e foi dos poucos a não melhorar o seu tempo durante a tarde. O ídolo da casa Stefan Bradl (Viesmann Kiefer Racing) registou a sexta marca do treino, à frente de Simone Corsi (Ioda Racing Project) – que também não melhorou face à manhã – e de Marc Márquez (CatalunyaCaixa Repsol). Bradley Smith (Tech3 Racing) e Julián Simón (Mapfre Aspar) fecharam a lista dos dez primeiros. O jovem espanhol rodou contra as dores ao longo de 20 voltas (fez 12 de manhã) e logrou terminar a 0,189s de Luthi.

Destaque ainda para a grande prestação de Jordi Torres, 14º da geral e a meio segundo de Luthi. Quem não rodou esta tarde foi Carmelo Morales, que teve ir ao hospital para exames á mão.

Tags:
Moto2, 2011, eni MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›