Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Márquez vitorioso em Sachsenring

Márquez vitorioso em Sachsenring

Márquez assinou o terceiro triunfo consecutivo da época no eni Motorrad Grande Prémio da Alemanha de Moto2, batendo o herói da casa Stefan Bradl e Alex de Angelis, terceiro.

Bradl (Viessmann Kiefer Racing) fez uma partida canhão, mas o homem da pole, Marc Marquéz (Team CatalunyaCaixa Repsol) depressa chegou à liderança ainda na primeira volta da corrida de Sachsenring. O piloto alemão e o espanhol mantiveram a luta pela primeira posição até à 22ª das 29 voltas da corrida, altura em que Márquez foi definitivamente para a frente da corrida, acabando por arrecadar a vitória.

De Angelis (JiR Moto2), que partiu da segunda linha, pressionou Bradl ao longo de toda a corrida, seguido por Aleix Espargaró (Pons HP 40), por Yonny, que tinha saído da quarta linha da grelha, e Hernández (Blusens-STX). Na quinta volta, Espargaró e Max Neukirchner (MZ Racing) chocaram, colocando um ponto final na corrida dos dois pilotos. De Angelis acabou por não conseguir ultrapassar Bradl, com o italiano a terminar a corrida em terceiro, meio segundo atrás do alemão.

Randy Krummenacher (GP Team Switzerland Kiefer Racing) conseguiu passar o seu compatriota Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) à entrada para a última volta, garantindo assim o quarto posto, depois da luta que os dois tiveram com Aleix de Angelis, pela terceira posição. O sexto lugar ficou para Hernández, com Scott Redding (Marc VDS Racing), que partir da 23ª posição da grelha, em sétimo, Simone Corsi (Ioda Racing Project) terminou em oitavo, Jules Cluzel (Forward Racing) em nono, e Michele Pirro (Gresini Racing Moto2) na décima posição.

Uma queda da primeira curva atirou para fora da corrida Julián Simón (Mapfre Aspar), que tinha voltado às pistas neste Grande Prémio da Alemanha, depois de ter partido a perna na Catalunha, a 5 de Junho. A queda de Simón não teve qualquer consequência física, mas o piloto foi incapaz de regressar à corrida. A queda de Simón obrigou Bradley Smith (Tech 3 Racing) a sair da pista, mas o inglês conseguiu voltar à corrida. Contudo, um pouco mais tarde, ele próprio acabou também por cair.

Marquez mantém a segunda posição no Campeonato, apesar de ter diminuído a diferença para o líder, Bradl, que tem agora, a meio da temporada, mais 47 pontos que o espanhol. A próxima corrida de Moto2 será o Cardion AB Grande Prémio da República Checa, que irá realizar-se a 14 de Agosto.

Tags:
Moto2, 2011, eni MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›