Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner marca ritmo na Califórnia

Stoner marca ritmo na Califórnia

Casey Stoner, da Repsol Honda, liderou a primeira sessão de livres do Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos no circuito Mazda Raceway Laguna Seca, com o companheiro de equipa Dani Pedrosa e Jorge Lorenzo em segundo e terceiro, respectivamente.

O australiano começou o fim-de-semana na Califórnia nesta sexta-feira com o pé direito ao assinar o melhor tempo na primeira sessão de treinos. O seu melhor registo (1m22,300s) foi 0,102s mais rápido que o do companheiro de equipa espanhol, que sofreu queda a baixa velocidade quando fez uma incursão pela escapatória da Curva 2, caindo na gravilha nos primeiros dez minutos. Pedrosa voltou a montar a moto e regressou à pista para terminar com a segunda marca (1mm2,402s), apenas 0,018s, mais lesto que Lorenzo, da Factory Yamaha.

O pelotão de MotoGP deu início aos 45 minutos de trabalho com nevoeiro sob a pista, mas a meio da sessão, quando o sol surgiu, as condições melhoraram. O primeiro americano na tabela de tempos foi Ben Spies com a sua máquina da Yamaha Factory Racing ao assinar um tempo de 1m22,806s, o quarto registo. Atrás dele ficou o outro piloto da Repsol Honda, Andrea Dovizioso, que se quedou a 0,105s do homem da casa e a pouco mais de meio segundo da frente.

Marco Simoncelli levou a sua San Carlo Honda Gresini ao sexto posto com uma volta em 1m23,210s, enquanto Nicky Hayden, da Ducati Team, começou a sessão com a GP11, passando para a liderança da tabela nos primeiros dez minutos, e passando depois a rodar de forma alternada com a GP11 e a GP11.1. Ele terminou o treino em sétimo com uma marca de 1m23,297s conseguida aos comandos da GP11.

Do outro lado da box da Ducati, Valentino Rossi teve ao seu dispor duas Desmosedici GP11.1, assinando um tempo de 1m23,467s, o que lhe valeu a nona posição da manhã. O terceiro melhor americano foi Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3), cuja registo de 1m23,459s o colocou em oitavo, atrás de Hayden.

Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) assinou o décimo tempo (1m23,529s), com o único piloto da Mapfre Aspar Ducati, Héctor Barberá, em 11º e Randy de Puniet (Pramac Racing) em 12º.

O estreante Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) teve o primeiro contacto com o traçado californiano, garantindo o 13º posto depois de uma saída de pista no topo da Corkscrew, enquanto Toni Elias foi 14º, seguido de Loris Capirossi, da Pramac Racing Ducati. O transalpino regressou de lesão depois de ter falhado a última ronda em Sachsenring.

Ben Bostrom, que se estreia no MotoGP como wild card aos 37 anos pela LCR Honda, rodou com uma 800cc pela primeira vez na sessão de livres desta manhã e ficou a menos de cinco segundos da marca de Stoner e menos de dois segundos do tempo de Aoyama.

Os também estreantes no traçado de Laguna Seca Karel Abraham (Cardio AB Motoracing) e Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) terminaram com os 16º e 17º tempos, respectivamente.

Tags:
MotoGP, 2011, RED BULL U.S. GRAND PRIX, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›