Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi e Hayden sexto e sétimo em Laguna

Rossi e Hayden sexto e sétimo em Laguna

Valentino Rossi terminou a corrida de Laguna Seca em sexta, uma posição à frente do companheiro de equipa Nicky Hayden. Os dois pilotos da Ducati Team rodaram com bom ritmo, mesmo não tendo sido capazes de se manter com o grupo da frente.

A equipa trabalhou muito em ambas as GP11 e GP11.1 e vai continuar o desenvolvimento das motos de 800cc durante a próxima ronda em Brno, na República Checa, prova que se segue à paragem de Verão. Na segunda-feira após essa corrida tem lugar o segundo teste oficial da época.

Valentino Rossi:
“Trabalhámos bem neste fim-de-semana. Começámos de uma posição melhor que nas últimas corridas e fiz boa partida e tentei manter-me com os líderes. Fiz uma volta a meio do segundo 22, mas depois fechei a frente duas vezes seguidas nos ressaltos da Curva 5 e quase caí. Ainda tive uma corrida difícil depois disso porque o Nicky ficou colado à minha roda e não me deixou respirar. É claro que não queremos andar a lutar pelo sexto lugar, mas estamos com alguns problemas de momento e temos de tentar o nosso melhor com o que temos. Estamos a perder muito à entrada em curva, onde estou muito lento porque não temos as sensações certas, mas a Ducati está a trabalhar e temos de manter a concentração e optimismo para progredirmos de forma gradual. A curto prazo temos de ganhar esses décimos perdidos para nos mantermos no grupo com o Spies, o Sic e o Dovizioso. Depois pensaremos nos outros.”

Nicky Hayden:
“Já ganhei esta corrida no passado, pelo que não estou a saltar de alegria com o sétimo lugar. Sabíamos que ia ser dura e a queda na qualificação não ajudou. Fiz boa partida, mas não conseguir ir com o segundo grupo como esperava. Foi como em Sachsenring: uma boa luta com o Valentino, mas a 30 segundos da frente. O Vale não estava mais rápido que eu, mas ele é um piloto: não comete erros e não dá nada. Por algumas vezes pensei que podia passar por dentro, mas não vou fechar os olhos e deitar-nos ao chão na luta pelo sexto posto. As pessoas que pensam que ele não está a tentar não têm juízo. Vi o pé direito dele sair do poisa-pés umas vezes quando quase caiu. Vamos parar duas semanas e regressar em Brno. Não é tempo para sermos pessimistas. Acredito na minha equipa e na Ducati e penso que ainda vamos ter uma boa temporada.”

Comunicado de imprensa Ducati Team

Tags:
MotoGP, 2011, RED BULL U.S. GRAND PRIX, Valentino Rossi, Nicky Hayden, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›