Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Elías 13º em Laguna, Bostrom aprecia estreia no MotoGP

Elías 13º em Laguna, Bostrom aprecia estreia no MotoGP

O piloto da LCR Honda terminou o Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos em 13º no passado domingo na Mazda Raceway Laguna Seca, enquanto o companheiro de equipa e wild card Ben Bostrom fez uma excelente partida da última linha da grelha.

Num quase perfeito dia de verão, com temperaturas do ar de 23ºC, Toni Elías, da LCR Honda, terminou as 32 voltas da corrida californiana em 13º, isto apesar dos habituais problemas com a frente. O companheiro de equipa Ben Bostrom teve uma boa partida da última posição da grelha, retirando um segundo ao seu tempo depois da primeira volta.

Infelizmente, o piloto das SBK americanas alargou a trajectória por duas vezes, entrando na gravilha em ambas, e optou por ir para a box para não cair com a sua RCV. Agora o Campeonato do Mundo de MotoGP tem uma paragem e os pilotos da categoria rainha só voltam à pista a 14 de Agosto para o Grande Prémio da República Checa, em Brno.

Toni Elias:
“No warm up da manhã mudámos a afinação traseira da moto e ficou logo melhor. Como sempre, fiz uma boa partida, mas nesta pista ficamos presos se partimos da última linha, por isso puxei, mas na primeira curva alarguei um pouco a trajectória. Estava em 12º quando, de repente, perdi a frente e fui à gravilha. Voltei à corrida, mas durante o resto do tempo senti que estava a rodar no gelo. Terminámos em 13º, mas a situação é muito dura para nós.”

Ben Bostrom:
“Fiz uma boa partida e senti-me logo confortável na moto. Melhorei o meu tempo em um segundo face aos treinos, pelo que estava muito optimista ao ver isso no início da corrida. Por estar a rodar muito mais rápido, comecei a sentir-me desconfortável na primeira curva, quando tinha de reduzir de caixa o meu pé tocava no chão e depois de algumas voltas cometi um erro, saindo de pista. Perdi 30 segundo para voltar à pista, mas consegui continuar, mas depois na volta seguinte tive o mesmo problema. Por isso, decidi entrar na box apesar da moto estar fantástica. Honestamente, estava a pensar na corrida que tinha depois e não queria cair nesta moto. Quero, uma vez mais, agradecer à MJM, ao Lucio e a todo o pessoal: foi uma experiência incrível para mim!

Comunicado de imprensa LCR Honda.

Tags:
MotoGP, 2011, RED BULL U.S. GRAND PRIX, Toni Elias, LCR Honda MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›