Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Moto2 2011: A história até ao momento

Moto2 2011: A história até ao momento

O motogp.com revê a época até ao momento, com nove das 17 corridas já disputadas.

Com pouco mais de meia temporada disputada e com a paragem de Verão quase no fim, o motogp.com leva-o numa viagem pelo tempo pelas nove jornadas já disputadas, todas elas repletas de acção. Carregue em cada uma das rondas para ver os resumos das corridas.

O germânico Stefan Bradl lidera o Campeonato com 47 pontos de margem antes da 10ª Jornada em Brno e a sólida vantagem deve-se à fenomenal temporada de 2011 até ao momento e que começou com a vitória desde a pole no Qatar. Os favoritos ao título da pré-época, Andrea Iannone e Thomas Lüthi, seguiram-no até ao pódio e foi o italiano quem somou a vitória na ronda seguinte em Jerez, onde os outros dois nomes dos três primeiros foram Lüthi and Simone Corsi – este a terminar no mais baixo do pódio vindo da 18ª posição da grelha numa corrida molhada onde Bradl foi quinto.

Seguiu-se o Estoril, palco da única vitória de Brald na Moto2 em 2010. O alemão repetiu o resultado em estilo e desde a pole, com Julián Simón e Yuki Takahashi a completarem os três primeiros com o suíço Dominique Aegerter a garantir o melhor resultado de Moto2 com o quarto posto e o estreante Pol Espargaró a garantir presença nos seis primeiros naquela que foi apenas a sua terceira corrida na categoria.

Depois de difícil introdução à Moto2, que envolveu quedas nas primeiras três corridas do ano, o Campeão do Mundo de 125cc Marc Márquez repetiu o ritmo da pré-época com vitória em Le Mans, com Takahashi e Bradl logo atrás. O germânico respondeu de forma excelente na Catalunha com mais um triunfo desde a pole, batendo o jovem Márquez em casa e com Aleix Espargaró, também catalão, a fechar o pódio com a sua primeira presença de sempre no Top 3 de uma corrida do Campeonato do Mundo.

O facto da corrida de Silverstone, a 6ª do ano, se ter disputado no molhado em pouco afectou Bradl no que toca à conquista da quarta vitória da época. Já o estreante de Moto2 Bradley Smith, depois de qualificação complicada, efectuou fantástica recuperação desde de 28º da grelha para terminar em segundo com Michele Pirro em terceiro. Scott Redding apagou as memórias das difíceis primeiras corridas para terminar em quinto, mesmo atrás do gaulês Jules Cluzel, mas Márquez viu-se afectado pelo tempo e caiu.

A resposta do espanhol à desilusão de Silverstone foi o triunfo em Assen, onde Kenan Sofuoglu assinou o primeiro pódio da carreira com Smith a terminar em terceiro e o australiano Anthony West a levar a MZ ao quarto posto. Já Bradl registou aquela que é até ao momento a sua única desistência, o que em pouco afectou a vantagem de 57 pontos no Campeonato.

Márquez registou a segunda vitória consecutiva em Mugello depois de grande batalha com Bradl até à linha de meta; Smith ficou atrás do alemão e somou o terceiro pódio consecutivo com Alex de Angelis a terminar em quarto.

Márquez assinou depois a 14ª vitória da carreira de GPs com apenas 18 anos, em Sachsenring, impedindo Bradl de obter o triunfo em casa. O alemão foi segundo, mas manteve excelente conjunto de resultados com De Angelis a estrear-se no pódio, enquanto o debutante Randy Krummenacher foi quarto.

Com Bradl a contar com significativa vantagem sobre Márquez na frente da classificação resta agora ver o que espanhol pode fazer até ao final do Campeonato para apanhar o rival. Ele vai dar continuidade aos seus esforços no Cardion ab Grande Prémio da República Checa no próximo fim-de-semana.

Tags:
Moto2, 2011

Outras actualizações que o podem interessar ›