Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bradl lidera corrida do título de Moto2 em Brno

Bradl lidera corrida do título de Moto2 em Brno

Stefan Bradl chega ao Cardion ab Grande Prémio da República Checa na frente da classificação de Moto2 no reatar da acção.

A classe de Moto2 regressa à acção depois da paragem de Verão com o Cardion ab Grande Prémio da República Checa, em Brno, e na frente do pelotão, com 47 pontos de margem, está Stefan Bradl, da Viessmann Kiefer Racing. A impressionante época do alemão até ao momento inclui seis pole positions, sete pódios e quatro vitórias. A história de Bradl em Brno inclui uma vitória nas 125cc em 2008 um nono lugar após partida da 20ª posição da grelha na corrida de Moto2 de 2010.

Ainda com a terceira vitória consecutiva fresca na memória está Marc Máquez, segundo do Campeonato com 120 pontos. A época do espanhol parece estar a ganhar cada vez mais ritmo: Márquez somou quatro vitórias desde a terceira ronda, em Le Mans, com a última a retirar o triunfo caseiro a Bradl em Sachsenring. O piloto do Team CatalunyaCaixa Repsol vai em busca de nova vitória no traçado checo, o mesmo onde no ano passado garantiu um impressionante sétimo posto na corrida de 125cc depois de queda na primeira sessão de livres e de ter deslocado o ombro.

Simone Corsi está a 36 pontos de Márquez e ainda não terminou no pódio em Brno; o traçado checo é um de apenas dois do calendário deste ano de Moto2 onde o piloto da Ioda Racing Project não terminou nos seis primeiros em nenhuma corrida de GP. O italiano foi oitavo na corrida de Moto2 do ano passado depois de ter chegado a liderar nas primeiras voltas.

Em quarto está Alex de Angelis (JiR Moto2), a apenas dois pontos de Corsi depois do terceiro posto no Alemanha. O piloto de São Marino conta com três pontos de margem sobre Bradley Smith (Tech 3 Racing), com este desejoso por compensar a desistência em Sachsenring. Smith qualificou-se na pole para a corrida de 125cc do ano passado, se bem que uma afinação incorrecta para as condições mista o colocaram em sexto na corrida.

Yuki Takahashi (Gresini Racing), actualmente em oitavo no Campeonato com 58 pontos, vai levar a cabo o 100º GP. O nipónico qualificou-se em 12º no ano passado em Brno, mas lutou de forma brilhante para terminar em segundo.

As esperanças de Julián Simón de forte regresso após lesão foram deitadas por terra com a queda sofrida no GP da Alemanha. O espanhol, que foi segundo no traçado checo a caminho do Campeonato do Mundo de 125cc de 2009, está determinado a voltar ao grupo da frente na República checa depois de ter estado de fora durante três corridas e após a última desistência.

Na grelha de Moto2 em Brno estarão os wild cards sul-africano Steven Odendaal (MS Racing) e o checo Lukas Pesek (IAMT racing).

Tags:
Moto2, 2011, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›